( 00:00:00 )

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

author photo

GDF costura parceria com empresários para ampliar coleta do “Vem Brincar Comigo”
Campanha de arrecadação de livros e brinquedos coordenada pela primeira-dama do DF segue até 30 de setembro
HÉDIO FERREIRA JÚNIOR, DA AGÊNCIA BRASÍLIA
Empresários e diretores de marketing de centros comerciais, unidades de ensino e até de uma rede de supermercados debateram na tarde desta quinta-feira (12) a adesão à campanha “Vem Brincar Comigo”, do Governo do Distrito Federal (GDF). Coordenada pela primeira-dama Mayara Noronha, a ação, que consiste em arrecadar livros e brinquedos para doação a crianças em situação de vulnerabilidade, segue até 30 de setembro. Todo o material arrecadado será entregue em uma grande festa em 12 de outubro, Dia das Crianças.

A proposta é expandir os pontos de coleta de livros e brinquedos, principalmente em locais de grande circulação de pessoas e de visibilidade, consequentemente estimulando a adesão dos brasilienses. Por meio da Secretaria de Governo, chefiada por José Humberto Pires, o GDF ficará responsável pela captação do material recolhido pelos centro-comerciais.

“Fizemos na campanha do agasalho uma parceria com os pequenos empresários, Nossa ideia, agora, é seguir com os grandes, ainda que tenhamos pouco tempo para isso”, afirmou Mayara.| Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília
Duas ações de marketing foram apresentadas na reunião. A primeira é estimular influenciadores digitais a promover uma espécie de “desafio da doação”. Como em um amigo secreto, o doador anuncia em suas redes sociais para quem vai “doar” o brinquedo e, em seguida, desafia outro influenciador.
Outra ideia é buscar a adesão de lojistas dentro de uma ação promocional exposta na vitrine das lojas. A ideia é que o consumidor que fizer uma compra e doar um determinado valor tenha seu gesto revertido em um brinquedo para a campanha.
Voluntários
Igrejas e escolas adventistas também já aderiram à campanha “Vem Brincar Comigo”. A coordenadora de mobilização do TGS Solidário, do Taguatinga Shopping, Amanda Cortez, desenvolve um trabalho com Organizações Não Governamentais (ONGs) e voluntariados do DF. Para ela, é possível estimular os voluntários que já participam do programa a aderirem às doações, arrecadando ainda mais brinquedos e livros.
“Há muita gente buscando ajudar e esse é mais um caminho”, diz Amanda.
Os pontos de coleta estão distribuídos por órgãos e empresas do GDF, administrações regionais, quartéis da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, delegacias, unidades do Na Hora e outros pontos em parceria com empresas privadas. A expectativa é atingir 30 mil doações. As instituições a serem atendidas ainda serão selecionadas.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior