( 00:00:00 )

quarta-feira, 25 de setembro de 2019

author photo

Cadastro de novos alunos começaria nesta quarta-feira (25); prazo foi transferido para sexta-feira (27). Secretaria de Educação afirma que não houve vazamento de dados.Alunos da Escola Classe 01 de Sobradinho, no Distrito Federal — Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília
A Secretaria de Educação do Distrito Federal adiou o início das matrículas de novos alunos para a sexta-feira (27). De acordo com a pasta, “ataques hackers” nos sistemas do Governo do Distrito Federal (GDF) impediram que o prazo fosse iniciado nesta quarta-feira (25), como estava previsto.
O prazo é voltado a novos alunos que pretendem ingressar nas escolas públicas no 1º semestre de 2020, em série regular. A mudança no prazo atinge apenas o cadastro pela internet. A abertura das inscrições por meio do telefone – a Central 156 – permanece prevista para 1º de outubro.
A matrícula online é feita no sistema i-Educar, uma das plataformas que sofreram invasão hacker na última sexta-feira (19) e também nesta semana.
Acessos ao sistema
A Secretaria de Educação afirmou ao G1 que não houve vazamento de dados de alunos ou edição de informações e, sim, “acessos desconhecidos” ao sistema.
Por “questão de segurança”, a pasta não confirmou se já identificou os responsáveis. A secretaria informou que está trabalhando no reforço da segurança.
“Nesta quarta (25) e quinta-feira (26), o i-Educar prossegue em manutenção corretiva para mitigar todas as vulnerabilidades que possam colocá-lo em risco”, afirma a secretaria em nota.Estudantes de escola pública do Distrito Federal — Foto: Mary Leal/Secretaria de Educação
Como fazer a matrícula?
A matrícula para rede pública, este ano, será feita pelo site ou pelo telefone. Nos dois casos, vai ser preciso informar os seguintes dados do estudante:
CPF
CEP da residência ou do local de trabalho dos pais ou responsáveis
Nome completo
Data de nascimento
Nome da mãe, do pai ou do responsável legal
Telefone para contato
Ano pretendido da etapa de ensino
O cadastro vale como uma pré-matrícula. O resultado será divulgado em dezembro pela Secretaria de Educação. Posteriormente, em janeiro, todos os dados devem ser comprovados pessoalmente na escola.
Quem preferir se inscrever pelo telefone deve esperar o prazo, em 1º de outubro. Isto porque, se houver duas inscrições, apenas a primeira será considerada.
Quem não se cadastrar dentro do prazo, ou não conseguir vaga na escola pretendida, deve tentar a matrícula no período de vagas remanescentes, em janeiro de 2020. A data ainda não foi divulgada.
Estudantes com deficiência
De acordo com a Secretaria de Educação, o cadastramento e a triagem de novos estudantes com deficiência serão realizados de 1º a 24 de outubro. Os responsáveis devem procurar a coordenação regional de ensino mais próxima.
Inscrições para EJA
As inscrições para a Educação de Jovens e Adultos (EJA) são voltadas aos alunos maiores de 15 anos que não terminaram o ensino fundamental e maiores de 18 anos que deixaram de concluir o ensino médio. O prazo de matrícula será iniciado em 25 de outubro, pela internet e telefone.
Fonte: Carolina Cruz, G1 DF

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior