( 00:00:00 )

quarta-feira, 25 de setembro de 2019

author photo

Daniel Souza da Cruz, de 29 anos, era considerado foragido. Polícia convocou imprensa para passar mais informações.

Padre Kazimierz Andrzej Wojno, celebrava missas na Paróquia Nossa Senhora da Saúde — Foto: Divulgação/Redes sociais

Foi preso nesta quarta-feira (25) o terceiro dos quatro suspeitos de matar o padre Kazimierz Wojn, de 71 anos, durante um assalto em Brasília. Daniel Souza da Cruz, de 29 anos, era considerado foragido e foi localizado em Novo Gama, Goiás.

A Polícia Civil do Distrito Federal convocou coletiva nesta tarde para passar mais informações sobre o caso. Agentes também estiveram na Paróquia Nossa Senhora da Saúde, na Asa Norte, que era comandada pelo religioso.Daniel da Souza Cruz, acusado de matar padre Kazimierz Wojn — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Conhecido como Padre Casemiro pelos fieis, o polonês foi morto no sábado (21), durante um assalto na paróquia. Segundo a Polícia Civil, quatro pessoas cometeram o crime.

Dois suspeitos já haviam sido preso na terça-feira (24). O único que continua solto é um adolescente, que ainda não tinha sido identificado pela Polícia Civil do Distrito Federal.

Fonte: Kenzô Machida, TV Globo
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior