quarta-feira, 25 de setembro de 2019

author photo


O Governo do Piauí divulgou nota sobre a Operação Satélite, um desdobramento da Operação Topique, que investiga fraude em licitação de serviços de transporte escolar. A ação foi deflagrada na manhã desta quarta pela Polícia federal em parceria com a CGU e teve como alvo o Palácio de Karnak e a Seinfra.
Em nota, o governo do estado afirmou que a operação foi um "espetáculo" e que, com cobertura midiática ao vivo, a operação "atenta contra o Estado de Direito, pilar da Constituição Federal, podendo caracterizar claro abuso de autoridade".
Disse ainda que o estado é transparente e e continuará repassando documentos e informações solicitadas.
Veja a nota na íntegra:
A respeito da operação da Polícia Federal deflagrada nesta quarta-feira (25), o Governo do Piauí informa que não há investigação contra o Estado. O processo investiga empresas e servidores, a quem cabe o legítimo direito de defesa.
O Estado é parte interessada no processo e sempre agiu de forma colaborativa, fornecendo todos os documentos, dados e informações solicitados. Nada do que foi entregue na operação deixaria de ser entregue, bastando comparecer e requisitar.
Mais uma vez lamentamos o caminho do espetáculo. A operação de busca e apreensão realizada pela polícia no interior de repartições públicas que não são objeto da investigação, com cobertura midiática ao vivo, atenta contra o Estado de Direito, pilar da Constituição Federal, podendo caracterizar claro abuso de autoridade.
O Governo do Estado reafirma o compromisso com a transparência e continuará repassando documentos e informações solicitadas e, mais que qualquer outro, tem interesse na elucidação dos fatos, porém, com respeito à lei.

Veja o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=TokDwt1-Fww&t=2s

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA