quarta-feira, 25 de setembro de 2019

author photo
Atonio Obá, finalista do Prêmio Pipa de artes visuais, durante a performance "Atos da Transfiguração" – Foto: Francisco Moreira da Costa.
Por Miguel Arcanjo Prado O artista visual Antonio Obá tem 33 anos, nasceu em Ceilândia, na periferia de Brasília. Mora há 18 anos na vizinha Vicente Pires e é professor de artes em Taguatinga, ambas cidades satélites do Distrito Federal. Ele é um dos finalistas do Prêmio Pipa, o mais celebrado prêmio da arte visual brasileira contemporânea. O vencedor pelo júri especializado leva R$ 130 mil e uma residência artística na Residency Unlimited, em Nova York, além de participar juntamente com os outros três finalistas de uma exposição no MAM-Rio entre 23 de setembro e 26 de novembro de 2017, quando o público poderá também escolher seu preferido, que levará R$ 24 mil. O resultado será
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA