Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Últimas notícias

latest

Dezenas de mulheres comparecem ao evento Outubro Rosa no Varjão

Elas assistiram a palestras informativas e motivacionais, além de presenciar depoimentos de combate à doença Dezenas de mulheres estiver...


Elas assistiram a palestras informativas e motivacionais, além de presenciar depoimentos de combate à doença
Dezenas de mulheres estiveram, neste sábado (26/10), na creche comunitária Zilda Arns, no Varjão, com o intuito de participar e inteirar-se das atividades especialmente programadas para o evento promovido pela Administração Regional, intitulado Outubro Rosa – Prevenção Contra o Câncer de Mama. No local, o vice-governador Paco Britto e sua esposa Ana Paula Hoff foram recebidos pela administradora regional do Varjão, Tia Nair.
A proposta do encontro é possibilitar às mulheres da região acesso às informações e cuidados relativos à prevenção do câncer de mama e o combate à doença, além da realização de um momento de conscientização sobre a importância da mulher no contexto social. Entre outras atrações da programação, o depoimento da presidente do Instituto Sara Mulher, localizado em Águas Lindas, Maria Antônia Neta, 49 anos, foi destaque pela história de superação da doença.


Ela conta que fundou a instituição para ajudar as milhares de mulheres que procuram o local. “Eu fui acometida pelo câncer de mama em 2014, quando percebi um nódulo de 2,5 cm. Em um mês e meio ele atingiu 14 cm! Se eu não tivesse procurado ajuda logo no início, minha história, hoje, poderia ser outra. Eu queria viver; ver meus netos crescerem”, alertou essa mãe de seis filhos e avó de quatro netos. “Meu novo filho é o Instituto Sara Mulher”, brincou, acrescentando que o local recebe 1.469 mulheres por ano, que são atendidas por médicos e profissionais voluntários da saúde.
“É importante promover políticas públicas de prevenção e nós cuidamos para que elas façam prevenção. Muitas ainda não têm informações sobre a doença. Por isso, eu fundei a instituição: para que as mulheres não passem o que eu passei”, revelou, Maria Neta, hoje, livre da doença, após fazer vários exames e tratamento quimioterápico, além da retirada mamária.
Família
O vice-governador Paco Britto parabenizou a iniciativa da administradora regional do Varjão, Tia Nair, e sua equipe. “O Varjão é uma família para nós. O governo tem um carinho especial pela comunidade daqui. E a saúde é prioridade em nosso governo. Queremos dar às mulheres a atenção devida, proporcionando melhor qualidade de vida a essas vencedoras. E como parte da campanha Outubro Rosa, estamos aqui, no Varjão, realizando atividades que colaboram na luta contra o câncer de mama. Minha mensagem de esperança, a todas as mulheres vítimas da doença, é que não desistam da luta!”, ressaltou.
A aposentada Deusdete Alves de Oliveira, 67 anos, acompanhada de sua filha Andréa, 32, e da neta de três meses, fez questão de comparecer ao evento. “Estamos aprendendo mais sobre o câncer. Eu trabalhei por 32 anos em uma casa de família, onde meus patrões morreram por causa dessa doença; ela, com câncer de mama e ele, de próstata. Em 1995, ano em que ela morreu, não tinha informações como estamos tendo agora”, informou.


Já a professora de maternal, Francélia Costa, 39 anos, ciente da importância da prevenção, convidou as mães de seus alunos, por meio das redes sociais e até pessoalmente, para participarem do evento. “Atividades assim despertam a consciência das pessoas”, elogiou.