( 00:00:00 )

sábado, 12 de outubro de 2019

author photo

Filho do goleiro Bruno quer mudar o nome e admite ter medo do pai
Em entrevista ao portal UOL, a avó conta como "Bruninho" reagiu à saída do jogador da cadeia e que gostaria de ser chamado de Gabriel
Bruno Samudio Souza “comemora” neste sábado (12/10/2019) seu nono Dia das Crianças. Aos 9 anos, ele carrega consigo o peso de ter perdido a mãe logo no início da infância e conserva até hoje o medo do pai, condenado pela Justiça há 20 anos e 9 meses pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio, em 2010. Em entrevista ao portal UOL publicada deste sábado, a avó Sônia de Fátima, 53 anos, revela que Bruninho não reconhece o goleiro Bruno como pai e pretende mudar de nome.
“Na verdade, ele me diz o tempo todo que queria se chamar Gabriel, que queria mudar de nome. Eu não vou fazer isso, de jeito nenhum. Se o Bruninho, quando for adulto, quiser fazer isso, vou respeitar. Mas não vou interferir no nome que minha filha escolheu”, revela a avó.
Em julho deste ano, Bruno Fernandes deixou o presídio de Varginha (MG) após conseguir a progressão para o regime semiaberto. De acordo com a avó Sônia, a reação de Bruninho foi a pior possível. “Que merda”, teria dito o garoto. Ao ser questionado pela avó o porquê do palavrão, Bruninho admitiu: “Estou com medo”.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior