quinta-feira, 24 de outubro de 2019

author photo

Desobstrução de imóveis encaminha famílias para moradias, bem diferente do tratamento de outros governos que não deixam saudade. Essa e outras ações são contadas pelo primeiro administrador da regional, Goudim Carneiro.
Por Josiel Ferreira e Maurício NogueiraO administrador regional do Sol Nascente e Pôr do Sol, o pioneiro José Goudim Carneiro, Goudim como é carinhosamente chamado pelos moradores, aceitou a promessa de campanha e ao mesmo tempo a missão delegada pelo governador Ibaneis Rocha de ser o primeiro gestor da regional.
E entrevista exclusiva ao TudoOK Notícias, falou do seu trabalho, que já tem dois meses, incessante para melhorar das condições de vida do Sol Nascente e Pôr do Sol.
A presença do Governo do Distrito Federal foi fundamental para que pudesse viabilizar seu desempenho. Essa presença se traduziu nas diversas parcerias com órgãos e secretarias de estado do GDF. Além das parcerias Goudim explanou sobre os projetos para Por do Sol e Sol Nascente, sobre emendas de parlamentares e a questão das chuvas.
Por coincidência, nesta manhã de quarta-feira (23), Goudim contou que acompanhou uma desocupação de famílias e desobstrução do imóvel. O importante diferencial é que, ao invés de se ouvir choro e clima de desespero, como acontecia nos governos passados, hoje, haviam sorrisos nos rostos das pessoas. Sabiam para aonde seriam encaminhadas.
E o melhor, para moradias. Ao contrário do abandono imposto, por muitas vezes, como se observava com a ultrapassada, inesquecível e truculenta Agefis de governos passados. Goudim comentou que passou a ser prazeroso acompanhar o novo tempo das desobstruções.
Confira a entrevista com Goudim sobre pontos importantes para o desenvolvimento de Pôr do Sol e Sol Nascente:
TudoOK Notícias – Depois que o assumiu como primeiro administrador o que foi realizado?

Goudim – Antes, a população do Sol Nascente era administrada por Ceilândia. E o desejo da população era que se tivesse a presença do estado mais perto. Montamos uma estrutura, mas mesmo assim com o Apoio da CODHAB, da Novacap entre outras mais. A estrutura do governo tem nos atendido. Temos feito ações paliativas, uma vez que uma série de obras estão sendo feitas aqui por um consórcio de empresas. O consórcio ganhou licitação feita em 2013. O trabalho da prefeitura é fiscalizar. E empresas como Caesb, SLU, juntamente com a administração, outro trabalho é melhor qualidade de vida para o povo.
TudoOK Notícias – Quais os projetos para Pôr do Sol e Sol Nascente?
Goudim – Foi-nos dado um R$ 1 milhão pelo deputado José Gomes (PSB) para manutenção de iluminação, até porque não pode ser construção, por que está muito em cima para aplicar o dinheiro. Temos outros projetos e a deputada Jaqueline Silva (PTB) está nele, de LED que também é para a área de iluminação.
É fundamental a questão da iluminação, porque traz segurança e qualidade de vida para as pessoas. Estamos discutindo outros projetos e já estamos no final de ano já. Em um outro projeto está o senador Izalci Lucas (PSDB-DF), que conseguiu para gente uma Estação Cidadania, do governo federal. Estrutura com 20 mil metros de área para esporte, lazer, uma espécie de “shopping” de atividades. Com espaços onde se desenvolverão atividades para crianças, idosos e deficientes. Já conseguimos o terreno da Terracap. Já foi doado e agora já estamos em fase de elaboração de projeto. O dinheiro é federal.
Entre os projetos pequenos não menos importantes, estão a construção do terminal rodoviário. Além disso, temos a questão da regularização, fazendo a transferência de algumas pessoas que moram em áreas de risco. Pessoas que estão sendo remanejadas para outros lugares. Diferente de outros governos que derrubavam e colocava o povo em cima de um caminhão.
Aqui estamos fazendo diferente. Tiramos as pessoas e levamos para uma casa, ou apartamento da CODHAB. Hoje, fizemos um remanejamento de quatro famílias. Estão saindo de uma área para desobstruir ruas. E esse pessoal está indo para sua casa, o povo alegre, satisfeito e sorrindo. Isso é bem importante.
O governo Ibaneis é um governo que fala a verdade. Toda a equipe de toda a estrutura, lá, conversa com os moradores. É um negócio muito bacana. Chega a ser prazeroso isso.
Antes, a gente assistia aqui a chegada dos carros da Agefis, com polícia. O povo já ficava com medo, porque era a derrubada. Agora é derrubada, mas o povo está ficando alegre por estar indo para um lugar melhor do que onde mora. É uma diferença notável.
TudoOK Notícias –
Como está o trabalho em parceria com o o administrador de Ceilância, Fernando Fernandes .
Goudim – Veja bem, o deputado Fernandes, quando foi criada a administração, aqui, por a administração não ter ainda orçamento, não foi feito um orçamento para aplicar no ano seguinte. O dinheiro da administração ficou, sim, condicionado à ajuda da Administração de Ceilândia. Tudo aqui fazia parte de Ceilândia. A regional foi criada já, com Ceilândia dando suporte para nós dentro daquilo que precisássemos aqui.
TudoOK Notícias – Há alguma emenda para o recurso ser aplicado em benfeitorias da região?
Goudim –
Temos a creche do Pôr do Sol, sendo mantido o dinheiro que veio do governo passado, que precisa ser mantida essa verba para não perder, foi mantida e será construída. Temos uma série de outros projetos. Conseguimos agora um container da Secretaria da Juventude, que ficará definitivo aqui, para realização de cursos profissionalizantes, que vai ser instalado no Trecho 2.
O Leandro Brás doou um laboratório de robótica. Precisamos, ainda, ter o local para instalação do laboratório. Mas o compromisso já está assumido. Estamos, agora, terminando a construção da escola que será o Centro de Ensino Nº 1, localizada no Trecho 1, aqui no Sol Nascente. Está sendo construído e provavelmente deve terminar agora, no mês de dezembro. A previsão é essa.
Até vou te convidar para inauguração do asfalto que liga o condomínio Giliardi, que será entregue nesse sábado (26), que foi uma promessa do governador Ibaneis no dia em que ele veio aqui sancionar a criação da Região Administrativa (RA), para uma população de quase 500 famílias, que há 20 anos estavam ali, na estrada de chão, sem transporte público, que não tem nada público por ser considerada uma área irregular. O pessoal transitava a pé. Sábado, às 10h da manhã, estaremos inaugurando esse asfalto. Uma festa maravilhosa, com a população agradecendo, inclusive com a presença do governador Ibaneis.
Tem projetos que evoluíram também no que se refere à questão da limpeza. A SLU vai manter um tratamento diferenciado para essa cidade. Uma vez que é diferente e tem que ser tratada de forma diferente.
Fizemos uma discussão com o SLU. Temos muitas ruas em que o caminhão do lixo não entra e conseguimos que a empresa que presta serviço trouxesse triciclos para entrar nas ruas, que antes os caminhões não tinham como entrar para coleta do lixo. Teremos um caminhão de pequeno porte, que vai entrar nessas ruas. A coleta vai ser contínua. São muitas ações, após discussões, para fazer com que as pessoas entendam a necessidade desse povo.
TudoOK Notícias –
A manipulação do lixo faz parte das ações de prevenção para receber as chuvas que chegaram. Há alguma parceria com SLU para evitar os problemas que também surgem na época de chuvas?
Goudim – A questão do SLU é fundamental. A enxurrada leva tudo para a boca de lobo, as águas pluviais criam esse problema. Estamos preocupados com isso. E a coleta de lixo porta a porta ajuda muito nessa questão. Antes, era, somente, utilizado o Papa Lixo. Agora, a coleta será feito porta a porta.
Essas desobstruções de imóveis, as quais me referi no início, que fizemos hoje, é justamente para diminuir o alagamento. Há ruas foram feitas em becos, impedindo a passagem da água. Em alguns momentos, fechando outra rua. E a água vinha e não tinha para aonde ir e alagava a casa. Essas desobstruções, só hoje foram quatro, são a retirada de casas possibilitando a passagem livre para o escoamento da água.
TudoOK Notícias – Como está o trabalho em parceria com o GDF?
Goudim –
Veja bem, tem sido bastante válido. Evoluímos de uma tal forma porque tivemos a capacidade de sensibilizar todos os órgãos. Com CAESB, CEB, até com a CODHAB que tem sido parceira mesmo, presente. Tudo isso tem sido fundamental. A NOVACAP está fazendo de tudo, a Secretaria de Obras também.
Uma outra coisa que é impressionante, todos os parlamentares estão sensíveis a essa situação desse povo aqui. Portanto, a gente está trabalhando, sabemos da dificuldade de verba, e não é só nesse caso, que é em todos os lugares. Temos tido a capacidade de fazer com que quem está no poder entenda a necessidade dessa população aqui, que mora numa cidade que foi construída sem projeto. E que, agora, precisa ser arrumada.
Para você ter uma ideia, você precisa sentir nas ruas, a gente andando, arrumando as estradas passando patrol, a gratidão daquele povo ali com tão pouca coisa, para um estado que é muito para aquele povo ali. É uma coisa prazerosa.
Esse momento é de união dos políticos, os deputados, seja quem for. Não é momento de eleição agora, ninguém faz campanha, não é momento de campanha. A campanha que tem que ser feita, agora, é para atender esse povo, que é um povo que é vítima de um processo doentio, que vem ao longo dos anos, praticado por políticos que não quiseram dar uma condição de vida decente para esse povo.
Tudo OK Notícias – Como está o andamento das obras de infraestrutura?
Goudim –
Temos aqui um consórcio com quatro empresas. E foi feita uma licitação em 2013. Foi estipulado um tempo para a entrega das obras. O tempo venceu e elas não entregaram. Elas pediram uma prorrogação de tempo. As empresas têm que estar regularizadas para obter esse tempo. E tem uma empresa que faz parte do consórcio que não está em dia com sua documentação. Foi dado um prazo para o consórcio ou regulariza a situação da empresa ou eles tiram a empresa e deixam só três empresas para tocar o projeto.
Foi dado um prazo até essa semana para que (o consórcio) eles tomem providências. A empresa que não está em dia é a ETEC. O governo e a Procuradoria exigiram que as coisas estejam em condições de serem tocadas. O consórcio é quem tem que prestar contas, independente das empresas que façam parte dele.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA