quinta-feira, 24 de outubro de 2019

author photo
Wander Marciel


O líder comunitário e cantor gospel Wander Marcel morador da cidade Estrutural, vem fazendo reivindicações sobre a transferência do 15° Batalhão da entrada da Estrutural para o Centro Olimpico e Paralímpico no Setor Norte da cidade.
Wander além de líder comunitário é cantor gospel e empresário da região, sua bronca é a quantidade de assalto ocorrido no comercio da cidade nos últimos dias após a transferência do Batalhão.
Na semana passada o Administrador Regional Major Gustavo Cunha, esteve no comercio para conversar e tranquilizar os empresários da cidade, ele está buscando uma solução junto as lideranças e comerciantes na secretaria de segurança pública do DF, para melhorar o efetivo da polícia na região.
Os Líderes comunitários Edmílson Almeida Lopes, Alexandre Bedran e Paulão Batista, estiveram na Secretaria de Governo, acompanhado da Assessora Bete Guilherme, para conversar com o Secretario Marcelo Cunha, sobre a necessidade de ampliar a segurança pública no SCIA Estrutural.
O Governo de Brasília Ibaneis Rocha (MDB), vem trabalhando para melhorar a segurança pública em todas as cidades.
O empresário Antônio Brito, criticou a reivindicação dos colegas e disse, que na sua opinião a cidade precisa de um policiamento mais ostensivo em toda a cidade, ele justificou que a cidade tem comercio em quase todos os setores, como; Norte, Leste e Oeste e Área Especial, destacou o comerciante do Setor Leste.
Uma coisa interessante no vídeo postado nas redes sociais, é a fala do líder comunitário Alexandre Bedran, em seu discurso se apresentou como 1° Secretário do Conselho de Segurança (CONSEG). Alexandre foi secretário do Conselho Comunitário de Segurança da Estrutural (CONSEG), na gestão de Renato Eleutério.
O Conselho Comunitário de Segurança da cidade é formado com Valério Cristiano, (presidente) Milena Abreu (vice-presidente), Evanildo Macedo, Maicon Castro completa a composição do CONSEG 2019.
Thais Dantas, se apresentou como vice-presidente do Conselho Comunitário da cidade. Ela participou de uma eleição esse ano com a votação popular e vencendo seu adversário com uma diferença de três (3) votos,
O estatuto do Conselho não permitia a eleição com a votação popular.
Diante do exporto eles estão encontrando dificuldades para regularizar a Instituição junto ao cartório do Núcleo Bandeirante, más estão prometendo regulariza a instituição fundado em 2003, tendo como seu presidente no papel o professor João Joaquim Batista.
Em 2015, Edmilson Almeida Lopes, tornou o presidente do Conselho Comentário, ele alega que seus companheiros não quiseram dá continuidade nas reivindicações em prol pela cidade e continuou trabalhando defendendo o que sempre acreditou.
Os demais membros da instituição alegaram que deixaram as demandas por falta de diálogo entre os membros do grupo.
No mesmo ano, a instituição foi baixada pelo pela Receita Federal, por falta de declaração.
Aos lideres todas as reivindicações são validas desde que seja para a segurança de todos os moradores.
Desejamos sucesso!

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA