quinta-feira, 24 de outubro de 2019

author photo

Educação quer manter os estudantes que geralmente migram para outras escolas e abrem vagas para os sequenciais das EC 01 e 02 da mesma região.
O secretário de Educação, João Pedro Ferraz, determinou o estudo de medidas para manter no CED 01 da Estrutural – uma das primeiras escolas de gestão compartilhada – os estudantes que são transferidos todos os anos para outras escolas da região para abrir vagas para os alunos sequenciais das escolas classe 01 e 02 da mesma região administrativa.
Além de estudar uma solução imediata, Ferraz determinou também a busca soluções permanentes, como a expansão de salas nas escolas da Estrutural e a construção de novas unidades para atender melhor a comunidade desta região administrativa.
O CED 01 atende estudantes do 4º ano ao 7º ano do ensino fundamental, que contam com a gestão compartilhada, além dos jovens do 1º ao 3º ano do ensino médio. A escola também é responsável por receber os alunos das escolas classe 01 e 02 da Estrutural. Por isso, estudantes do 5º, 6º e 7º anos da unidade sempre foram transferidos para outras escolas da rede, uma vez que o CED 01 não comporta todos os interessados.Foto: Renato Alves/Agência Brasília
Até o ano passado, aproximadamente 400 alunos eram transferidos anualmente para outras unidades, seguindo critérios comuns de matrícula, como a proximidade da residência do estudante ou do local de trabalho dos responsáveis.
O CED 01 é uma das quatro primeiras escolas que aprovaram a gestão compartilhada. Na noite do último dia 13 de fevereiro, a comunidade aprovou a implantação do programa por 71 votos a favor, seis contra e três em branco. À tarde, durante o debate que precedeu a votação, mais de 100 pais e responsáveis aplaudiram a proposta do governo. A aprovação ao projeto aumentou ainda mais e os pais e responsáveis agora desejam que seus filhos permaneçam no programa.
A aprovação da comunidade endossa a pesquisa realizada pelo Instituto Exata entre 11 e 12 de junho, com a participação de 925 entrevistados. O estudo mostrou a grande aceitação popular pelo novo método de gestão: 88% das pessoas ouvidas aprovaram a medida.
A pesquisa, que consultou homens e mulheres com idade entre 16 e 60 anos, mostra que 90% dos entrevistados conhecem a importância da iniciativa.“Estamos todos muito empolgados; os pais, principalmente, muito satisfeitos”, avalia a diretora do CED 1 da Estrutural, Estela Accioly, acrescentando que os números do estudo expõem o que a escola vivencia na prática.
A diretora ainda acrescenta: “Embora seja cedo para avaliar profundamente essas mudanças, até agora o que temos visto é uma evolução muito grande no processo de aprendizagem de todos os alunos”.Foto: Renato Alves/Agência Brasília
Estela diz que a participação familiar no processo educacional do CED 1 também aumentou bastante com a gestão compartilhada: “Observamos que os pais estão mais envolvidos, participam na supervisão dos deveres de casa, inclusive, têm vindo mais à escola, para acompanhar de perto a educação dos filhos”.
A professora Velva Eloiza Leão é outra que tem avaliação positiva dos resultados obtidos com a gestão compartilhada no CED 01: “Pelos relatos dos pais e também por meio dos relatórios pedagógicos, vemos que o processo de aprendizagem está evoluindo, e isso é muito importante”.
Para ela, que leciona há 34 anos, o apoio dos policiais no controle disciplinar é fundamental: “A gente passava muito tempo chamando atenção da turma e desconcentrava, perdia o rumo da aula”. Esse tempo acabou. Segundo a professora, o que chega para ajudar é bem-vindo.

Agência Brasília/ Com informações da Secretaria de Educação/DF
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA