Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Últimas notícias

latest

Rodrigo Abreu o verdadeiro líder do PSDB na Estrutural

Rodrigo Abreu & Kellynha Oliveira Aos pouco o líder comunitário da Estrutural, Rodrigo Abreu (PSDB), vem se destacando no cenário p...

Rodrigo Abreu & Kellynha Oliveira

Aos pouco o líder comunitário da Estrutural, Rodrigo Abreu (PSDB), vem se destacando no cenário político do DF.
Em 2011, Rodrigo era simpatizante do PDT, e tinha apoiado a coligação vencedora do pleito de 2010. Com a vitória da chapa, o grupo político do qual ele fazia parte procurou outro caminho, e Rodrigo seguiu sua trajetória avançando e organizando sua base política na cidade Estrutural.
O líder se recompôs sua base política, e filiou-se ao PSDB, de Izalci Lucas, e começou a trabalhar para o grupo do político do parlamentar. Em 2014, ele coordenou a campanha de rua do candidato à presidência Aécio Neves (PSDB), contra a presidente Dilma Rousseff (PT).
Em 2018, voltou a atuar na campanha de Izalci para o Senado, e do ex-governador de São Paulo para a presidência Geraldo Alcimim (PSDB).
Com a vitória de Izalci o rapaz foi honrado pelo grupo político do tucano, que reforçou mais ainda a base  do PSDB na Estrutural e em Brasilia.

Abreu conseguiu organizar o partido na cidade, como PSDB, Mulher, colocando Kellynha Oliveira ex-candidata para cuidar da pasta valorizando a companheira de sigla.
Organizou a Juventude do PSDB Estrutural, é vice-presidente da 9° Zonal do Guará/Estrutural, na composição do presidente João Paixão Lima, e faz parte da executiva como um dos suplentes, e seu maior sonho é representar o partido a nível nacional.
O PSDB, está no sangue dos moradores da Estrutural, em 2007, Reginaldo Carvalho e Germano Guedes Leal, comandaram o partido e elegeram 11 prefeituras de quadra das 23 na época.
Os dois representantes do partido trabalhavam muito a imagem dos tucanos na cidade, a ponto de gerar ciumeira entre a demais líderes.
Reginaldo deixou a cidade Estrutural, voltou para sua terra natal. Germano Guedes Leal, filou-se ao (Republicanos), más  deixou o partido a cinco meses.