segunda-feira, 25 de novembro de 2019

author photo
O Governo do Distrito Federal (GDF) lançou na última sexta-feira (22) o Cartão Material Escolar (CME) 2020. Agora, o programa possui mais recursos e mais beneficiários: além dos ensinos fundamental (benefício de R$ 320) e médio (R$ 240), estudantes dos ensinos infantil (R$ 320) e especial (R$ 320) também terão direito ao benefício. As listas de material também foram ampliadas e diversificadas.
Outra novidade é o cronograma antecipado para que o benefício esteja disponível na volta às aulas de 2020. Por isso, o credenciamento das papelarias já começa este ano, o prazo vai de 30 de dezembro de 2019 até 10 de janeiro de 2020.
As melhorias são resultados de articulações da deputada Jaqueline Silva junto ao governador Ibaneis Rocha, por meio das Secretarias de Educação e Desenvolvimento Econômico do DF, Banco de Brasília (BRB) e intenso diálogo com papeleiros. “O CME é um projeto que significa muito para mim, já que realiza o sonho de muitos estudantes que antes recebiam materiais doados e agora têm o poder de escolha. Além disso, é uma forma de gerar emprego no Distrito Federal.”, afirma a distrital.
A volta do CME foi instituída pela Lei nº 6.273/2019 e mais de 64 mil estudantes foram beneficiados em 2019, graças ao investimento de R$ 19,9 milhões. A lei também atrai a atenção do setor produtivo do Distrito Federal, que incrementou o faturamento de 333 papelarias com geração de emprego e renda em todo o estado.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA