sexta-feira, 1 de novembro de 2019

author photo

Homem mata mulher e filha por não querer assumir paternidade
Ele assumiu crime e vídeos flagraram momento em que ele jogou corpo da filha em lago.
Um homem de 25 anos identificado como Robert da Silva Pereira foi preso na cidade de Fortaleza, no Ceará, após confessar ter matado a ex-companheira de 22 anos e a filha dela, de sete meses, por não querer assumir a paternidade da criança.
A polícia começou a desconfiar do homem quando ele foi até a delegacia procurar saber o paradeiro da filha , mas demonstrou apatia. Quando a delegada afirmou que o corpo da criança foi encontrado dentro de um saco, o rapaz questionou e em seguida confessou o crime.
Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento no qual Robert leva o corpo de Maria Luiza para a Lagoa dos Soldados, no bairro de Sapiranga. O corpo da mãe da criança foi encontrado a menos de 1 km de distância, dentro de uma cacimba no mesmo bairro.
Segundo a polícia, o homem nunca quis assumir o romance ou a paternidade, mas a mulher, identificada como Luana dos Anjos Sampaio, procurou a família dele após engravidar. Os pais de Robert acolheram a mulher e a neta, mas o homem nunca demonstrou interesse em se envolver com a família. Ele teria matado a mulher após ela questionar a sexualidade dele.
O homem foi autuado por homicídio qualificado e feminicídio, ficando à disposição da polícia na prisão.

Fonte: IG
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA