Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Últimas notícias

latest

Pelé é homenageado pelos 50 anos do milésimo gol na Câmara

Edson Arantes do Nascimento , Pelé, recebeu, nesta segunda-feira (18) homenagem pelos 50 anos do milésimo gol feito de pênalti em 1969, ...


Edson Arantes do Nascimento, Pelé, recebeu, nesta segunda-feira (18) homenagem pelos 50 anos do milésimo gol feito de pênalti em 1969, em confronto com o Vasco da Gama, em solenidade no plenário da Câmara dos Deputados. A solenidade foi requerida pelo deputado federal Hildo Rocha (MDB-MA).
O deputado Rocha afirmou, durante o seu discurso, que Pelé é um exemplo de vitória e que o Brasil precisa cada vez mais de vitórias.
“Vitórias na diminuição das desigualdades sociais e Pelé representa isso. O homem da vitória. Precisamos ter um Brasil muito melhor. Temos que trabalhar para isso. E sei que o governo do presidente Jair Bolsonaro trabalha nesse sentido de diminuir as desigualdades sociais, aumentar a riqueza brasileira e que essa riqueza brasileira seja distribuída para todos. Isso será uma grande vitória do povo brasileiro. Vitória que eu personifico na pessoa do rei Pelé”, disse Rocha.
Rocha lembrou que Pelé completa cinquenta anos que ele fez o milésimo gol em 19 de novembro de 1969. “Depois disso foram mais duzentos e poucos gols, sendo jogador brasileiro que mais gols fez na história brasileira”, disse Rocha, acrescentando que Pelé foi considerado gênio do futebol reconhecido pela Fifa, como melhor jogador do mundo.
O parlamentar agradeceu ainda à banda da Força Aérea Brasileira (FAB), que executou o hino nacional no início da solenidade.
Mensagem de PeléPelé encaminhou uma mensagem por meio da sua assessoria informando o motivo da sua ausência e agradecendo a homenagem lida por Rocha.
“Pelé está grato, sente-se muito honrado de receber essa homenagem. Lamenta não poder comparecer devido problema de locomoção oriundo das recentes cirurgias a que ele se submeteu e que ele por um hábito de longa dada não costuma enviar representantes. Além de agradecer a propositura do deputado Hildo Rocha envia por seu intermédio um abraço a todos os deputados e servidores. Está à disposição sempre e manda um forte abraço para todos”, leu Rocha acrescentando que quem assinou foi o assessor especial do rei Pelé, José Fornos Rodrigues.
Somália faz sua parte
Compareceu ao evento o jogador Somália, representando todos os atletas, e, segundo ele, Hildo Rocha está de parabéns pela homenagem ao rei do esporte. Somália se referiu a Pelé carinhosamente da tribuna do plenário. “Um cara que sempre lutou pela humildade, pela igualdade. Temos todo o carinho e respeito não só no Brasil, mas mundialmente.”
Somália contou que pendurou as chuteiras a há três anos. Ele tem um instituto que chama, quer dizer “Show no esporte, Show na escola” lá em Belo Horizonte de 1.500 pessoas de com 14 modalidades disponíveis na comunidade carente de Alto Vera Cruz. “Como Pelé disse, vamos cuidar das criancinhas”, disse ele. Somália destacou que como ex-jogador está fazendo a sua parte. “Que Deus possa abençoar a sua saúde, Pelé e parabéns pela homenagem e todos aqui da Casa”, disse Somália.

Discurso de Rodrigo MaiaO presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), não pode comparecer encaminhou uma mensagem lida pelo deputado Hildo Rocha. Maia agradeceu a homenagem ao rei Pelé “meio século após seu milésimo gol”, escreveu.
Maia também lembrou que ninguém mais do que Pelé cumpriu a obrigação de fomentar a prática esportiva. “Mais do que qualquer um contribuiu para que o Brasil se torna-se o país do futebol”, enfatizou o presidente da Câmara.
“Cinquenta anos após seu milésimo gol homenageamos essa pessoa que era considerado um rei ou um deus. Homenageamos nesse século XXl o melhor atleta do século XX. E certamente um dos melhores atletas de todos os séculos. Longa vida ao rei”, concluiu Maia, em mensagem lida por Rocha.
O senador Izalci Lucas (PSDB-DF) afirmou que se tem alguém que merece a homenagem do povo brasileiro é o rei Pelé. E a Casa como representa o povo o faz naquele momento.
Compuseram a Mesa Aurélio Souto de Araújo, secretário-especial adjunto da Secretaria Especial de Esporte do Ministério da Cidadania, Ronaldo Lima, secretário de Futebol da Scretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania.