quinta-feira, 7 de novembro de 2019

author photo

Temporal mobiliza órgãos do GDF
Defesa Civil, Novacap e Bombeiros trabalham na retirada árvores caídas. Detran e DER ameninam transtornos nas vias. População precisa ficar atenta para a instabilidade no tempo
RENATA MOURA E IAN FERRAZ, DA AGÊNCIA BRASÍLIA
O grande temporal desta quinta-feira (7) atingiu vários pontos do Distrito Federal, causando alguns transtornos aos brasilienses. Os ventos que atingiram, em alguns momentos, mais de 70km/h derrubaram árvores em várias regiões administrativas. Também foi identificado alagamento de vias e corte no fornecimento de energia. Segundo a Defesa Civil, a população deve continuar em alerta pois o tempo deve permanecer instável nos próximos dias. Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

A CEB informou que houveram descargas atmosféricas vindas da região leste e por volta das 7h50 da manhã, diversas subestações deixaram de funcionar temporariamente. As equipes de operação trabalharam rapidamente na manutenção do sistema e, entre 8h40 e 9h12, as subestações foram religadas.
As subestações atingidas abastecem 187.004 unidades consumidoras, o que representa 17,3% dos clientes da Companhia. Eis as subestações afetadas: SE-VA (Vale do Amanhecer), SE-PL (Planaltina), SE-PD (PAD-DF), SE-SJ (São José), SE-CT (Contagem), SE-SB (Sobradinho), SE-HP (Hípica), SE-06 (Esplanada dos Ministérios), SE-BC (Brasília Centro), SE-ES (Embaixada Sul) e SE-09 (Paranoá).
O fluxo no trânsito também foi comprometido. O Departamento de Estradas e Rodagem (DER-DF) registrou lentidão em diversas rodovias e alguns acidentes. Os agentes do Detran foram para as ruas atuar no controle de tráfego com destaque para a tesourinha da 209 Norte, e nos semáforos apagados na W3 Sul, altura da CLS 508.Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília
Na 511 Norte (foto acima), após baixar o nível da água da enxurrada, equipes do GDF Presente iniciaram os trabalhos de limpeza do local, com os reeducandos da Funap.
Em Sobradinho II, os serviços de desobstrução de boca de lobo, pequenas intervenções de águas pluviais, limpeza da cidade, retirada de entulhos e podas de árvores surtiram bom efeito. Mesmo com a força e intensidade da tempestade desta quinta-feira (7), os danos foram menores do que imaginávamos, a drenagem da DF 420 surpreendeu.
Com informações das assessorias de secretarias, órgãos e autarquias do GDF
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA