domingo, 10 de novembro de 2019

author photo

Weintraub nega vazamentos e diz que houve “sabotagem” no Enem
Ministro avaliou que o andamento não foi comprometido e atribuiu qualidade do conteúdo à “postura republicana do governo Bolsonaro"
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou na noite deste domingo (10/11/2019) que houve “sabotagem” no Enem 2019 para “aterrorizar a população brasileira” e negou vazamento de conteúdo. Na avaliação do ministro, a realização do exame não foi comprometida.
“Não é um vazamento interno. Não teve nada a ver com o Enem. Na ponta, indivíduos desses 5 milhões de pessoas que fazem o Enem, estatisticamente irrelevantes, ao final da prova, antes do período autorizado, se comportaram de forma inadequado. Portanto, o risco foi zero”, justificou.
Neste último dia de exame, um homem que divulgou o conteúdo antes do horário permitido já foi identificado e um boletim de ocorrência foi registrado. O ministro não soube precisar quantas ocorrências foram registradas relacionadas à divulgação irregular da prova. “Não foi só um. Teve mais casos aí. A gente fez boletim de ocorrência”, disse.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA