domingo, 1 de dezembro de 2019

author photo
Líder do PT na Alesp, deputado Teonilio Barba (Foto: Carol Jacob)

Bancada do PT na Alesp cobrará punição de ação PM que resultou em nove mortes em Paraisópolis
"Logo no início desta semana questionaremos o governador do Estado, secretário de segurança pública e comandante da PM e, acompanharemos com rigor este assombroso caso, para que estas mortes não caiam na vala da impunidade", disse em nota, o líder do PT na Alesp, Teonilio Barba
1 de dezembro de 2019, 18:43 h
247 - A bancada do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) anunciou que cobrará investigação das responsabilidades pela ação da Polícia Militar em baile funk em Paraisópolis, zona sul da capital paulista, que resultou em nove pessoas mortas.
"Logo no início desta semana questionaremos o governador do Estado, secretário de segurança pública e comandante da PM e, acompanharemos com rigor este assombroso caso, para que estas mortes não caiam na vala da impunidade", disse em nota, o líder do PT na Alesp, deputado Teonilio Barba.
Segundo frequentadores do baile funk de Paraisópolis, o certo da PM do governador João Doria teria levado quem estava na rua a correr para uma viela, e o resultado foi a morte de pelo menos nove pessoas pisoteadas (leia mais no Brasil 247).
Leia a nota na íntegra:Nota da Bancada do PT/SP
É revoltante a notícia de que oito jovens morreram pisoteados numa operação da PM, comandada pelo governador João Doria e, outras sete ficaram feridas durante a repressão policial, aos jovens que se divertim num baile funk, em Paraisópolis, bairro periférico da capital paulista.
Há meses a Polícia Militar têm atacado os bailes funk, com apreensão de motos, carros e detenção de jovens, numa clara atuação preconceituosa e de marginalização da juventude negra periférica.
Há cerca de um mês uma jovem perdeu a visão de um olho, alvejado com bala de borracha numa ação policial de opressão à baile funk.
A Bancada das deputadas e deputados estaduais do PT/ SP, exigi explicações, punições duras e exemplares aos envolvidos na ação truculenta que resultou na morte dos nossos jovens, que tiveram seu ciclo de vida brutalmente interrompido pela violência policial.
Logo no início desta semana questionaremos o governador do Estado, secretário de segurança pública e comandante da PM e, acompanharemos com rigor este assombroso caso, para que estas mortes não caiam na vala da impunidade.
Teonilio Lula Barba
Deputado Estadual e líder da Bancada do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo
your advertise here

Este post tem 0 Comentários

Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA