terça-feira, 3 de dezembro de 2019

author photo
MPRJ denuncia PM acusado de matar menina Ágatha Felix por homicídio qualificado.
Segundo o MP, Rodrigo José de Matos Soares foi o responsável pelo tiro que causou morte da menina. Caso condenado, o policial poderá cumprir pena de 12 a 30 anos de prisão. Crime aconteceu na noite do último dia 20 de setembro.
247 - O Ministério Público do Rio de Janeiro apresentou nesta terça-feira (3) à Justiça denúncia contra o policial militar Rodrigo José de Matos Soares, acusado de matar a menina Ágatha Vitória Sales Felix, de 8 anos, com um tiro de fuzil no Complexo do Alemão, no dia 20 de setembro.
A denúncia foi oferecida à 1ª Vara Criminal da Capital pelo MPRJ, através do Grupo de Atuação Especializada em Segurança Pública (Gaesp), segundo informações do portal G1. Rodrigo José de Matos Soares irá responder por homicídio qualificado. Caso condenado, o policial poderá cumprir pena de 12 a 30 anos de prisão.
Ágatha estava no banco de trás de uma Kombi com a mãe quando foi atingida nas costas pelo disparo de fuzil. Na hora, o veículo estava parado, com o porta-malas aberto. O projétil entrou pela traseira do utilitário, rasgou o forro do assento e atingiu a menina (leia mais no Brasil 247).
O MPRJ também pediu à Justiça a suspensão parcial do exercício da função pública do policial. Além disso, também foi feito um requerimento pedindo a suspensão da autorização de porte de arma de fogo do PM.
your advertise here

Este post tem 0 Comentários

Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA