Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Últimas notícias

latest

Vamos cuidar de Cristalândia destaca Moisés Filho (PTB) nas redes sociais.

Bom dia, queridos amigos e amigas! Haaaaaja coração!! Apenas 2 dias nos separam da grande mudança que está por vir, e eu escolhi hoje falar ...


Bom dia, queridos amigos e amigas! Haaaaaja coração!! Apenas 2 dias nos separam da grande mudança que está por vir, e eu escolhi hoje falar para vocês sobre... CUIDAR.

Foi a ideia de cuidar e tratar das pessoas que me trouxe até aqui, desde quando escolhi ser médico, lá na minha infância.

Cuidar é proteger e dar o apoio necessário para que as pessoas possam viver da melhor forma possível, com qualidade de vida, alegria e dignidade.

Assim como um paciente no consultório ou no hospital, uma cidade também precisa receber bons cuidados. Sejam as pessoas, as contas públicas, as escolas, as estradas... Tudo é importante, e nada pode ser deixado de lado, abandonado. Senão o “paciente cidade” pode... morrer.

Tanto a medicina como a administração pública exigem muita competência e responsabilidade. É um trabalho que não é para irresponsáveis, desonestos ou fichas sujas. Tudo envolve VIDAS.

É com esse senso de responsabilidade, desenvolvido ao longo da minha existência, e em pelo menos quinze anos de Medicina, que pretendo cuidar de Cristalândia e do nosso povo, iniciando por COLOCAR A CASA EM ORDEM.

A situação de Cristalândia é muito grave. A cidade está na UTI, e vamos precisar trabalhar muito para reconstruir as contas e a confiança das pessoas. Mas com competência e seriedade é possível!

A cidade hoje não tem projetos e não tem planejamento. Não há transparência nas contas públicas. Não se sabe exatamente para onde o dinheiro do povo está indo. Ora as contas do município estão bloqueadas, ora os salários estão atrasados, ora é a merenda que não chega...

O respeito foi por água abaixo. Acabou. E não é mais uma promessa ou outra em véspera de eleição que vai mudar a dura realidade das famílias de Cristalândia.

Viver assim é insustentável, e alguém tem que dar um basta. E esse alguém, com a ajuda de Deus – que nunca nos abandona – e do povo, sou eu.

Moisés Filho

Nenhum comentário