Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Bolsonaro consolida crescimento e tem aprovação de 53%, diz pesquisa

O presidente Jair Bolsonaro foi o nome mais citado em intenções de voto para as eleições de 2022, na primeira pesquisa do Instituto Terra Br...


O presidente Jair Bolsonaro foi o nome mais citado em intenções de voto para as eleições de 2022, na primeira pesquisa do Instituto Terra Brasil.

A aprovação do governo do presidente Jair Bolsonaro é de 53,1% das pessoas consultadas na pesquisa realizada pelo Instituto Terra Brasil Pesquisas. Conforme consta no estudo, mais da metade da população é favorável ao trabalho do executivo federal.

Em primeiro levantamento do Instituto Terra Brasil Pesquisas, Bolsonaro consolida crescimento e tem aprovação de 53%


O levantamento mostra que o presidente obteve resultado positivo em sua gestão. Apenas 9,6% não souberam responder a questão. O público de 37,3% desaprova o governo.
Bolsonaro tem 43% das intenções de voto para 2022; Doria, Ciro e Huck juntos não somam 10%

A pesquisa foi realizada entre os dias 2 e 18 de janeiro, com 879 pessoas entrevistadas, de 221 cidades em todas as regiões do Brasil.

O presidente Jair Bolsonaro está em seu terceiro ano de mandato, e tem atuado para corrigir os problemas deixados por gestores anteriores. Com uma forte atuação no Nordeste, antigo pólo petista, Bolsonaro tem crescido cada vez mais nos levantamentos.
O presidente Jair Bolsonaro foi o nome mais citado em intenções de voto para as eleições de 2022, na primeira pesquisa do Instituto Terra Brasil Pesquisas. De acordo com o levantamento, feito entre os dias 2 e 18 de janeiro, 43% das pessoas pretendem reeleger Bolsonaro.
Jair Bolsonaro ganharia contra todos os possíveis concorrentes já citados pela imprensa e já declarados. Candidato pelo Partido dos Trabalhadores em 2018, Fernando Haddad foi o segundo nome mais mencionado, com 12,5% das intenções de voto.

Possíveis opositores que têm tentado ganhar maiores proporções, especialmente durante a pandemia da Covid-19, Luciano Huck (2,8%), João Doria (2,3%) e Ciro Gomes (3,6%) não somam 10% juntos.

O ex-ministro da Justiça e Segurança Publica, Sérgio Moro, o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e o psolista Guilherme Boulos também registraram números baixos no estudo.

O Instituto Terra Brasil entrevistou 879 pessoas, de 221 cidades, em todas as regiões do 






Por Terra Brasil Noticias Brasil

Nenhum comentário