Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

ATITUDE NOBRE | Cunha recebe lideranças da Estrutural para participarem das decisões da cidade

Não é novidade que a Cidade Estrutural nasceu de forma irregular e os primeiros moradores viviam através da reciclagem de materiais. Mesmo j...


Não é novidade que a Cidade Estrutural nasceu de forma irregular e os primeiros moradores viviam através da reciclagem de materiais.

Mesmo já existindo o lixão da Estrutural desde o início da construção de Brasília e várias pessoas já trabalharem no local. Até meados da década de 80 uma parte dos lixos recolhidos no DF eram despejados na antiga Vila São José que atualmente é o Vicente Pires (Área mais próxima á Taguatinga). Com encerramento dos descartes na Vila São José, alguns moradores passaram a trabalhar no lixão que futuramente seria nomeado "Lixão da Estrutural".

Passaram-se décadas e no ano de 1994, várias pessoas invadiram a área que atualmente é a cidade do automóvel, tendo o ex deputado José Edimar e Marlene como apoiadores da invasão. Já sabendo que não iriam permanecer no local por se tratar de uma área que já existia um projeto destinado à empresários, algumas negociações foram feitas e só assim conseguiram alojar-se de forma precária o local que hoje é a Cidade Estrutural. De lá pra cá, a invasão cresceu desordenadamente vindo todos os problemas de uma cidade que não foi projetada.

Algumas lideranças fizeram a diferença a partir de 1994, esses líderes realmente conseguiam mobilizar uma boa parte dos moradores para conseguir o que a Cidade Estrutural possui hoje.

Mas infelizmente muitos usurpadores também surgiram intitulando-se liderança, mas na verdade só pensavam e pensam em sí. Sempre tentando enganar a população.

Desde que a Estrutural foi considerada RA (Região Administrativa) e instalada a primeira administração, as guerras internas de líderes começaram, confirmando a tese que uma boa parte que se diziam estar em prol dos moradores nunca estiveram, só queriam saber de benefícios próprios. O que prova essa história é o que todos vêem e presenciam, sempre quando há um novo administrador, surgem vários lideres no intuito de derruba-lo ao invés de se unirem para conseguir melhorias para a cidade e dessa forma novela mexicana é transmitida novamente.

Infelizmente, esses capítulos vão ser transmitidos muitas vezes, enquanto não houver liderança realmente ao lado do povo e os moradores não colaborarem fazendo sua parte, essa novela nunca acabará.

Mais um capítulo dessa série está em andamento onde administrador major cunha tem sido duramente atacado nas redes sociais e em uma atitude de extrema transparência e disposição para trabalhar em conjunto pela comunidade, visando a permanente melhoria da Cidade Estrutural.

Cunha convocou várias lideranças locais para expor, debater e solicitar apoio para as inúmeras ações que estão em andamento ou em fase final de planejamento para realização em 2021.

Desde que assumiu a Administração Regional do Scia/Estrutural, em agosto de 2019, o Administrador vem enfrentando enormes desafios, mas com o empenho direto do GDF e por meio das suas Secretarias, Empresas e Órgãos, tem conquistado muitas vitórias para a nossa população. 
Podemos afirmar que nunca se fez tanto pela Estrutural, em tão pouco tempo.

Questionado sobre o que o levou a procurar as lideranças da Cidade para apresentar os projetos e ações em andamento e, principalmente, ouvir sugestões e solicitar apoio, Major Cunha foi bem direto:

“A missão do gestor público é sempre buscar atender as reais necessidades e anseios da população. De nada adianta administrar com obras e ações de gabinete, que causem impacto político, mas pouco representem para a melhoria das condições de vida das pessoas”.

Complementando a pergunta, quisemos saber se o Administrador não teria receio de dividir
responsabilidades nas decisões

“Dividir as decisões com quem realmente ama e quer o bem da Cidade, e não apenas buscar caminhos para interesses pessoais, para mim, é somar; conquistar juntos".

Oposição sempre irá existir; estou aqui para representar e cumprir as metas do nosso Governador.
E tem sido assim a administração do Major Cunha: simples, direta e transparente nas suas posições e, quando necessário, assume a sua liderança para  ter toda a sua equipe focada e unida para o trabalho pela Estrutural.

Perguntado sobre quais são as principais obras que já estão aprovadas ou até em fase de licitação e execução, relacionou:

- Drenagem e recuperação asfáltica do Anel Viário;

- Substituição da iluminação pública por Luz de Led;

- Implantação da Delegacia da Polícia Civil na Estrutural;

- Construção do Quartel da Polícia Militar;

- Estruturação do Quartel dos Bombeiros;

- Implantação de novas Escolas;

- Reforma geral do Campo Sintético do Parque Urbano;

- Ampliação do projeto de implantação de WI-FI social

E muitas outra que, de acordo com o andamento, terão total detalhamento e divulgação pelas redes sociais próprias, pelo Site da Administração e pela imprensa.

Concluiu.

Da redação Estrutural on-line - edição - Francisco Gelielçon da Silva

Fonte: Estrutural On-Line 

Nenhum comentário