Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Porque os gestores da Estrutural são atacados covardemente por "líderes comunitários da cidade"?

                                          Gustavo Cunha & Germano Guedes Leal  O ex-administrador do Setor Complementar de Indústria e A...

                                          Gustavo Cunha & Germano Guedes Leal 

O ex-administrador do Setor Complementar de Indústria e Abastecimento (SCIA), Estrutural Germano Guedes Leal, comentou sobre os ataques sofridos em 2019, quando estava à frente da Administração Regional da Estrutural, por supostas “Lideranças comunitárias” os mesmos que atacam covardemente o atual administrador da Cidade Gustavo Cunha, Major da PM do Distrito Federal.

Germano Guedes Leal, disse que a perseguição contra sua gestão deu inicio desde sua indicação pelo Governador Ibaneis Rocha, em janeiro de 2019, até a sua saída em 9 de agosto de 2019, simplesmente por não compactuou com as praticas politiqueiras dos “líderes comunitários da cidade”. Eles não defendem a comunidade, são “líderes”, de si, muitos estão preocupados com seus umbigos, e os interesses da cidade sempre foi o ultimo plano para eles.

Na Estrutural sempre foi assim, pessoas se intitulam “líderes comunitários”, para  buscar seus interesse nos governos em nome do povo, enquanto na pratica, o povo nunca foi beneficiados, e a sociedade sempre foi vitima desta gente.

Na calada da noite, muitos moradores foram prejudicados e até injustiçados, alguns perderam suas vidas, outros não tiveram forças para continuar e desistiram de lutar por uma Estrutural melhor. 

Na minha gestão, fui covardemente atacado por pessoas irresponsáveis que se intitulam líderes comunitários, e não passam de líderes do engano, pessoas que não merecem nosso respeito, muitos enganaram a população, jogando contra  nosso trabalho, enfrentei uma verdadeira fabrica de Fake News produzida por eles porque não os aceitei na minha gestão.

No dia 19 de Janeiro de 2019, na minha posse vária moradores de um assentamento irregular compareceram com cartazes com vários dizeres protestando contra um gestor que ainda não tinha nem tomado  posse como Administrador Regional.

Os ex-supostos “administradores” de si, não aceitaram a indicação do Governador eleito, eles colocaram na cabeça que a indicação deveria ser deles e não do Governador de Brasília, uma piada contada para quem não aceita a realidade.

Com saída de Germano Guedes do comando da Região Administrativa do SCIA, veio à indicação do Major Gustavo Cunha, outro gestor a altura para atender os interesses dos líderes opositores do Governo na cidade.

O atual administrador, Gustavo Cunha, está enfrentando as mesmas perseguições que Germano Guedes Leal enfrentou, com uma diferença, o ex-gestor é simplesmente morador da comunidade à 22 anos, e é jornalista. O atual Administrador é Major QOPM PM-DF, respeitado em todo o Distrito Federal, não é tão simples fazer um #FORACUNHA. 
Os mesmos líderes que chegavam na administração filmando a cara de servidores, desacatando xingando falando palavrões já não existem mais, parecer que aprenderam o dever de casa com o professor  Major Cunha.

Conversamos com o atual administrador regional Gustavo Cunha sobre as bagunças formada pelos mesmos "líderes da Estrutural", de um possível protesto contra sua gestão, algo quase impossível de acontecer. Os líderes de si, não estão encontrando mais apoio no Palácio do Buriti para chorar todos os dias.
E agora, quem vai salvar eles? 
Major Cunha destacou, atual pressão de auto-lideranças, é previsível e sem base, “Quem realmente quer ver o crescimento da nossa Cidade, não sai por aí tentando enganar o povo mais humilde com trios elétricos, gritando mentiras para tentar mais uma vez jogar a população contra o estado. As verdadeiras Lideranças, não cobram benefícios pessoais, mas sim, buscam ajudar nas conquistas e ver o povo mais feliz”. Oposição é uma coisa, mas destruição do que estamos conquistando, não ajuda em nada. Vamos continuar trabalhando pra valer, pois sabemos que JUNTOS SOMOS MAIS FORTES. Destacou o Major Cunha.

Nenhum comentário