Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

COM BOLSONARO A ECONOMIA ENTRA NOS TRILHOS

Por Comandante Wintson Bolsonaro com seu forte apoio aos ministros do seu governo, com milares de obras importantíssimas sendo realizadas po...


Por Comandante Wintson

Bolsonaro com seu forte apoio aos ministros do seu governo, com milares de obras importantíssimas sendo realizadas por todo país, as quais inclusive reduzirão o Custo Brasil, e com mais de dois anos sem um único escândalo de corrupção no governo federal, fez com que a credibilidade do Brasil e do seu governo não parasse de crescer.
A grande mídia agonizada por falta de verbas públicas demonstra forte indícios de crise de abstinência atacando o governo de todas as formas. Quando não tem o que falar simplesmente inventa. Emissoras de TV e jornais impressos que no passado gozavam de prestígio veem sua credibilidade ruir e ao que tudo indica sem chance de recuperação.
O Presidente Bolsonaro imune aos ataques, assiste de camarote todas as suas falas, desde de março do ano passado, serem confirmadas uma a uma pela verdadeira ciência. Em nossas mentes pensamos quantas dezenas de milhares de vidas teriam sido poupadas se ele não tivesse sido impedido de atuar diretamente no combate a pandemia.
O ministro da economia, Paulo Guedes, afirmou ao longo do mês de janeiro de 2021 que a atividade econômica no Brasil está se recuperando e voltando em V; tendo sido uma das economias que voltaram com mais velocidade.
Ele comentou o relatório publicado pelo FMI (Fundo Monetário Internacional) no início de janeiro no qual afirma que as autoridades devem estar preparadas para fornecer apoio na busca pelo equilíbrio fiscal.
Com a normalização do comércio internacional o ambiente de negócios ficará muito propício à economia brasileira e será fundamental um congresso alinhado com o governo para aprovação das importantes reformas que levarão ao equilíbrio fiscal.
O mercado sinaliza com um forte crescimento da indústria, dos serviços, do agronegócio e principalmente da construção civil. Esta sendo diretamente beneficiada pelas baixas taxas de juros.
Com a retomada da economia em V teremos um arrefecimento dos preços dos alimentos, uma melhora no mercado de trabalho e uma normalização na distribuição dos insumos industriais. Com esse quadro desenhado e as eleições se aproximando, tudo indica que o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional este último pela pressão popular, terão que superar as diferenças do passado e agora com novos presidentes nas duas casas, deverão trabalhar para garantirem que o PIB do Brasil volte ao nível anterior à COVID-19, ainda em 2021. A inflação deverá ficar em torno de 4% e a cotação do dólar abaixo de R$ 4,90 até o final de 2021 .


Fonte: Cafezinho com Pimenta

Nenhum comentário