Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

GDF autoriza construção de nova sede do IML

Em publicação no Twitter, o governador Ibaneis Rocha (MDB) deu detalhes da construção do novo prédio do Instituto Médico Legal (IML). O pont...


Em publicação no Twitter, o governador Ibaneis Rocha (MDB) deu detalhes da construção do novo prédio do Instituto Médico Legal (IML). O pontapé inicial foi dado nesta terça-feira.
O chefe do Executivo local assinou a ordem de serviço que autoriza a construção e ressaltou que o edifício proporcionará “mais eficiência” ao trabalho da polícia.
Confira as postagens:


Após 40 anos de existência, o IML da PCDF receberá um novo prédio

As novas instalações contam com acessos separados para exames no vivo e no morto, entrada independente para os custodiados, recepção separada para atendimento a mulheres vítimas de violência, central de remoção de órgãos, laboratórios amplos e adaptados para as novas tecnologias. A nova edificação terá subsolo, térreo e mais dois pavimentos.
Leia Também: Palácio do Buriti contando as moedas

Os recursos para a construção do novo IML são oriundos do contrato de repasse celebrado com a União Federal, por intermédio do Ministério da Justiça e Segurança Pública, tendo como mandatária a Caixa Econômica Federal e como interveniente o Governo do Distrito Federal.

“Hoje estamos aqui esse para ver se sonho realizado que é a instalação do novo IML. Um pleito de muitos anos. Ouso dizer que será um dos melhores IMLs do mundo. A PCDF vive um momento de reestruturação com aquisição de novas armas, viaturas, novas delegacias”, destacou o delegado-geral Robson Cândido.


“Nada mais digno que um novo prédio do IML que vai trazer para a Polícia Civil do Distrito Federal mais eficiência, mais condições de trabalho para que a gente possa elucidar ainda mais os crimes que, infelizmente, acontecem”, concluiu o governador Ibaneis Rocha.

As autoridades presentes descerraram a placa da pedra fundamental que faz menção à nova edificação do IML da PCDF. A previsão é que as obras sejam concluídas em dois anos.




Fonte: Rádio Corredor 

Nenhum comentário