Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Mourão lamenta morte de Levy Fidelix; veja repercussão

Vice-presidente, que é filiado ao PRTB, disse que movimento conservador perdeu um de seus principais representantes. Fidelix morreu nesta se...


Vice-presidente, que é filiado ao PRTB, disse que movimento conservador perdeu um de seus principais representantes. Fidelix morreu nesta sexta-feira (23) aos 69 anos de idade.
O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, lamentou neste sábado (24) a morte do presidente nacional do PRTB, Levy Fidelix. Mourão afirmou em uma rede social que o movimento conservador do país "perde um dos seus principais representantes".


Fidelix morreu na noite desta sexta-feira (23) em São Paulo, segundo rede social oficial do político. Ele tinha 69 anos e estava internado desde março em um hospital particular. A família não informou a causa da morte.
"Lamento o falecimento do fundador e presidente do PRTB, amigo Levi Fidelix. O movimento conservador brasileiro perde um dos seus principais representantes. Que o Nosso Senhor Jesus Cristo abençoe e conforte toda família", publicou Mourão, que postou fotos ao lado do colega de partido.
"Ainda ressalto a pessoa do amigo Levi como cidadão brasileiro, chefe de família e um político com honestidade de propósitos. Homem batalhador e incansável por um Bandeira do Brasil cada vez melhor", acrescentou Mourão.
Conhecido por defender o projeto "aerotrem" como meio de transporte público, Fidelix concorreu a diversos cargos em mais de 10 eleições, mas nunca se elegeu. Tentou se eleger deputado federal (concorreu três vezes), governador (duas tentativas), presidente da República (concorreu duas vezes) e prefeito de São Paulo (em três eleições).
Repercussão
Além do vice-presidente Hamilton Mourão, outros políticos se manifestaram sobre a morte de Levy Fidelix. Confia a repercussão:
José Medeiros - deputado federal (Podemos-MT)
"Meus sentimos à família do presidente do PRTB", postou no Twitter.

Rodrigo Manga - prefeito de Sorocaba

"Que Deus conforte toda a família desse grande líder nacional", escreveu no Facebook.

Sandra Terena - jornalista e cineasta
"Com tristeza, informo o falecimento de um pioneiro do conservadorismo no Brasil, Levy Fidelix por COVID-19. O óbito foi confirmado às 20 horas desta sexta-feira (23). Que o Espírito Santo console a família. Meu marido, o jornalista Oswaldo Eustáquio foi um grande amigo de Levy", publicou em uma rede social.


Fonte: Folha da Politica 

Nenhum comentário