Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Mensagens trocadas por moradores revela 'caos na UPA de Valparaíso', com falta até de álcool em gel

  Mensagens trocadas por moradores revela 'caos na UPA de Valparaíso', com falta até de álcool em gel Uma conversa realizada num gru...

 


Mensagens trocadas por moradores revela 'caos na UPA de Valparaíso', com falta até de álcool em gel

Uma conversa realizada num grupo de WhatsApp nesta quinta-feira (27) mostra o absoluto desabastecimento e a total desorganização na UPA do Marajó, no município de Valparaíso de Goiás, uma das três maiores e principais unidades de saúde da cidade.
A descrição do ambiente sem gestão, desorganizado e até abandonado aconteceu a partir da mensagem do morador identificado como Brito, que marcou o próprio prefeito Pábio Mossoró (MDB) em sua reclamação:
Prefeito aqui na upa computador não funciona, funcionário não sabe onde o médico tá, difícil situação", escreveu ele.
Outro morador, identificado como Luck 02, constata: "A coisa é séria"
Na sequência, o pior: Brito volta a se manifestar e revela o mais grave diante do momento de pandemia vivido na cidade: "Não tem álcool em gel".
Constrangido, o membro do grupo identificado como Josias Carvalho, reconhecido como frequente defensor do governo Mossoró, teve que admitir: "Álcool em gel é o que não pode faltar num ambiente como um hospital !!! Misericórdia... é sério isso??!!!!"
"Nada de álcool em gel por aqui" respondeu outro membro do grupo Reclame aqui VALPARAÍSO.
"O pessoal aqui só fala que acabou (o álcool). Sabe falar mais nada" completou o contato onde aparece o nome GOSTOSURAS DA...
Numa vestidura de imparcialidade, apontada como incomum por outros membros do grupo, o morador Josias disse: "Agora precisa saber se não estão repondo, ou se não tem para repor por não terem comprado !!! Hoje álcool em gel é um item essencial!!! Pq (porque) se tem dinheiro para comprar, não podem esperar acabar para ir atrás !!! Ou se está em algum estoque, precisam repor, mas independente de ambos os casos, mostrar (mostra) a falta de gestão dessa unidade".
Mais adiante, o morador Josias demonstra a necessidade de encontrar um culpado para os problemas na unidade de saúde, pois, segundo sua avaliação, o caso seria um prato cheio para a imprensa, mencionando o Jornal Opção do Entorno:
"Precisamos saber a origem da falta para cobrarmos com objetividade... alguém é responsável por está (esta) falta. Será que tem algum chefe aí para passar essa informação!!!" disse ele que completou: "É um prato cheio pro (para o) opção do entorno !!!".
O Jornal Opção do Entorno tentou entrar em contato com o prefeito Pábio Mossoró via mensagem para confirmar as informações e abrir espaço para seus comentários, porém até o fechamento desta publicação não houve resposta.
Veja os prints da discussão:
(Clique nas imagens para ampliá-las)

Nenhum comentário