Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Conheça projetos sociais que auxiliam pessoas carentes no DF e Entorno

IDP - Post Patrocinado Conheça projetos sociais que auxiliam pessoas carentes no DF e Entorno Número de ações aumentou durante a pandemia.  ...

IDP - Post Patrocinado

Conheça projetos sociais que auxiliam pessoas carentes no DF e Entorno
Número de ações aumentou durante a pandemia. 
A solidariedade também ajuda quem doa
A pandemia afetou a economia e serviu para fomentar ainda mais a grave desigualdade social no Brasil. A volta do país ao mapa da fome após 14 anos e o número de desempregados exemplifica o cenário. Em contrapartida, também cresceu o número de projetos sociais no Distrito Federal e Entorno, mostrando que o brasileiro é movido a empatia, amor ao próximo e solidariedade.
“A necessidade de projetos sociais criados por pessoas comuns, e não somente aqueles criados por instituições governamentais, é uma das realidades mais comuns no Brasil. Além do mais, a iniciativa social pode abrir portas para empresários prestarem solidariedade”, diz o sociólogo Igor Moraes.
Desta forma, em meio à instabilidade econômica e a diminuição da renda que sustentava famílias, conheça projetos sociais que têm auxiliado comunidades em estado de vulnerabilidade no DF e Entorno.
O projeto Ações Solidárias Corrente do Bem – BSB (foto acima) existe há sete anos e surgiu da vontade de um grupo de amigas brasilienses em ajudar e servir à comunidade em situações vulneráveis. Com a ajuda de doações, uma corrente de solidariedade se forma para ajudar famílias e instituições que precisam de assistência.
“Nosso objetivo é servir e impulsionar aqueles que servimos. Buscamos ajudar pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social e econômica, seja momentânea ou contínua”, disse Morgana Calza, uma das coordenadoras do projeto.
De março de 2020 a abril de 2021, o grupo dobrou o número de ações solidárias devido às consequências da pandemia. O número de amigos doadores também teve alta durante esse tempo. “Tivemos uma disponibilidade incrível de pessoas para colaborar de todas as formas”, ressaltou Morgana.
Interessados em contribuir e saber mais informações, podem entrar em contato pelo Instagram do projeto @correntedobembsb.
Barba Na Rua
Instagram/Rprodução
Rogério Barba
Em Brasília, as ruas têm sido o lar de famílias que perderam renda. Sem acesso à água limpa, comida, roupa e higiene, Rogério Barba, diretor do Instituto Barba, vivenciou essa realidade durante 25 anos, quando viveu sem um teto fixo nas regiões do DF. Recuperado das drogas, após passar período em uma clínica de reabilitação, Barba, como é conhecido, iniciou o projeto com o intuito de ajudar e resgatar vidas das drogas e de comunidades carentes que vivem nas ruas.
“A população em situação de rua carece de políticas públicas, tanto na área da saúde, quanto educação e cultura. É um povo muito esquecido nesse quesito”, conta. Barba explica, ainda, como funciona o trabalho solidário. “O projeto dá o alimento e o acesso à meios de higienização que é o básico para essa população”, relata.
O contato para doação de mantimentos é feito pelo WhatsApp (61) 9.98363-8161 ou pela página no Instagram @barbanarua.
Project Sagaz
No Entorno do DF as iniciativas sociais também estão presentes. 
Em Águas Lindas de Goiás, que fica a aproximadamente 50 quilômetros de Brasília, o Project Sagaz organiza workshops de break, violão, DJ e costura. 
O fundador Sidney Lopes explica que com a demanda de alunos, as oficinas passaram a ser feitas na praça comunitária do bairro. “As aulas transformaram os beneficiados em protagonistas artísticos do Project Sagaz”, explica.
Sidney diz que não há nenhum incentivo da prefeitura de Águas Lindas, mas ocorre o mapeamento de famílias para a entrega de cestas básicas durante a pandemia. “A comunidade ajuda como pode”, relata.
Divulgação

Por falta de opções de lazer na região, o projeto passou a realizar as festividades juninas da cidade, o Arraiá Sagaz. Apesar de não ser realizada desde 2019 em decorrência da pandemia, o fundador lembra que o evento é um sucesso e ganhou proporções além do imaginado. 
“O projeto nos motivou a ser pessoas melhores e nos deu mais do que nós nos doamos. As dificuldades nos moldaram”, destaca.
O sociólogo Igor Moraes frisa que o desejo de cooperação e solidariedade leva as pessoas a se unirem em um propósito social.

O contato com o Project Sagaz pode ser feito pela página no Instagram @projectsagaz.
Conheça outros projetos como esses:
Quarentene Amor:
Contato pela página no Instagram: @quarenteneamor
Por um sorriso:
Contato pela página no Instagram: @porumsorriso
Projeto Placs:
Contato pela página no Instagram: @projetosocialplacs
Rede Sociedade Solidária da LBV
Para mais informações acesse: www.lbv.org
Ondan
Para mais informações na página do Instagram @ondan_br

Texto elaborado pelos alunos de Jornalismo do IDP Alanna Nascimento, Isac Mascarenhas e Nathália Mendes. Sob supervisão das professoras Isa Stacciarini e Bárbara Lins..

Nenhum comentário