banner

quinta-feira, 7 de junho de 2018

author photo
Brasília (DF) – Foi lançada, nesta quarta-feira (6), a Frente Parlamentar Mista Brasil 200. O evento aconteceu no Salão Negro da Câmara dos Deputados e reuniu empresários, parlamentares, lideranças políticas, além de autoridades como o ex-ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira (PRB), o líder do PRB na Câmara, deputado federal Celso Russomanno (SP) e outros.
O grupo conta com o apoio de 249 deputados e 29 senadores, além de empresários, acadêmicos e membros da sociedade civil simpáticos ao movimento. Na Câmara, o colegiado será coordenado pelo deputado Jerônimo Goergen (PP-RS). Já no Senado Federal, o grupo ficará sob o comando do senador Eduardo Lopes (PRB-RJ).
Frente Parlamentar Brasil 200 é lançada no Congresso NacionalGoergen afirmou que a instalação da Frente Parlamentar visa atender aos anseios da população brasileira, que clama por reestruturação em vários setores do governo. “Essa frente é uma resposta às manifestações. Quando os caminhoneiros foram às ruas, a sociedade se somou a eles. Naquele momento ficou o recado de somarmos as forças produtivas do nosso país com a força política, e não transferir mais a responsabilidade dessa revisão. Foi com esse objetivo que propomos essa Frente Parlamentar”, comentou.
Estado mínimo e competente foram uma das vertentes defendidas pelo coordenador. Para Goergen, é necessário reduzir e desburocratizar a máquina pública, combater a corrupção, estimular a competitividade, promover parcerias público-privadas e que as autoridades saibam gerenciar a coisa pública para que as demandas da população brasileira sejam de fato atendidas. “Nós deputados e futuros governantes do país precisamos ter a definição do tamanho do papel do Estado. O que vemos hoje é que os governos assumem, vedem os pedaços daquilo que é estatal e não resolvem os problemas, pois esfacelam aquilo que é público. Defendemos um Estado mínimo, mas competente naquilo que é o seu papel”, afirmou ao defender a integração da indústria, comércio, produção e agronegócio para o desenvolvimento do país, e que o Estado não atrapalhe esses setores que produzem e geram empregos.
Frente Parlamentar Brasil 200 é lançada no Congresso NacionalEduardo Lopes, coordenador da Frente Parlamentar no Senado, defendeu ações que turbinem o desenvolvimento do país. “Quem paga a conta do Brasil é o povo. Temos que repensar o Brasil que queremos para o futuro. As reformas são necessárias e importantes, e temos que enfrentar isso. Vamos promover vários debates sobre essas questões e esse colegiado será muito atuante nesse quesito”, disse o republicano.
Frente Parlamentar Brasil 200 é lançada no Congresso Nacional
Liberal na economia e conservador nos costumes, Flávio Rocha destacou que o movimento Brasil 200 prega a reestruturação do Estado com o enxugamento da máquina pública, cortes de impostos, além de reorganização dos sistemas de segurança, defesa, educação e saúde pública. Para ele, a instalação da Frente Parlamentar sela um compromisso de reconciliação com o povo brasileiro. “Estamos aqui na casa do povo celebrando a instalação de um instrumento que representa a legítima reconciliação do povo com o Estado. Somos prisioneiros de uma máquina pesada, opressora e distanciada das angustias do povo brasileiro. Temos a responsabilidade de fazer do Brasil um país livre”, disse.
Rocha apontou, ainda, que o país passa por um momento delicado no cenário político e econômico, no entanto, segundo ele, os brasileiros não podem ser penalizados pela falta de gestão das autoridades. “Hoje, vivemos num cenário político conturbado, com várias agremiações, e o dilema que devemos colocamos nas urnas, é entre os que pagam, que soam as camisas, que puxam essa carruagem que se chama Brasil. Representamos 98% da população em detrimento de outros 2% que se apropriam da carruagem estatal, com vários privilégios, que efetivamente deveria ser um Estado servidor. O povo não precisa e não pode pagar uma carruagem estatal que se agiganta a ponto de representar mais economicamente do que a sua força de tração. A carga tributária quebra recordes sucessivos, mais os déficits que se agigantam, ou seja, a carruagem está maior que a força de tração”, lamentou.

Movimento Brasil 200

O movimento Brasil 200 faz referência aos 200 anos de independência do país, que será comemorado em 2022, ano em que encerra o mandato do próximo presidente eleito.

Agendas em Brasília

Além do lançamento da Frente Parlamentar Mista Brasil 200, Flávio Rocha participará às 16h, na página do PRB Nacional no Facebook de um bate-papo ao vivo.
Às 19h, o republicano será sabatinado por jornalistas do Correio Braziliense em parceria com o Sindifisco. Às 20h30, na sede do PRB Nacional, no Lago Sul, Rocha prestigiará o lançamento da Plataforma de Inovação do PRB-DF (Diretrizes Programáticas para o Plano de Governo), idealizada pelo presidente do PRB-DF, Wanderley Tavares.
Texto e fotos: Agência PRB Nacional
Eu repórter republicano
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade