banner

quinta-feira, 19 de julho de 2018

author photo


Mesmo com carta branca do presidente nacional do Partido da República (PR), o ex-secretário de Saúde Jofran Frejat não deve embarcar na chamada terceira via. A coalizão ofereceu ao médico a cabeça da chapa, composta por seis partidos, e deu prazo até esta quinta-feira (19/7) para uma resposta. Mas, por telefone, Frejat informou ao coordenador da associação, Rogério Rosso (PSD), que primeiro precisa acertar as coisas dentro de seu grupo político, o qual agora comanda.
“Disse que, antes de definir novas alianças, eu preciso conversar com os partidos da minha coligação”, contou Frejat. “Mesmo com autorização da Executiva nacional do PR, não posso desprestigiar quem está comigo desde o início”, explicou o médico.

O ex-secretário de Saúde retomou as rédeas da sua possível pré-candidatura na manhã desta quinta (19), após reunião com Valdemar Costa Neto, presidente nacional do PR. O cacique deu total autonomia ao político. Mas Frejat não voltou de vez ao páreo. A decisão definitiva ficou para a próxima segunda-feira (23).

Frejat anunciou nessa terça (17) que iria deixar a disputa, conforme o Metrópoles revelou em primeira mão. Líder nas pesquisas de intenção de voto, ele “não venderia a alma ao diabo”, afirmou. Mas, no dia seguinte, já admitia rever essa decisão e, nesta quinta-feira, conseguiu o aval do cacique nacional do PR para voltar com total controle sobre sua campanha.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade