banner

sábado, 21 de julho de 2018

author photo

Pros, PTC, PTB, PMN e Patriota lançam candidatura de Eliana Pedrosa ao governo do DF em convenção conjunta

Empresária e ex-distrital foi escolhida pela coligação; Alírio Neto, do PTB, será vice na chapa. Evento reuniu as cinco legendas neste sábado.

Por Mateus Rodrigues e Flávia Marsola, G1 DF e TV Globo




Pros, PTC, PTB, PMN e Patriota lançam candidatura de Eliana Pedrosa ao governo do DF

A empresária Eliana Pedrosa (Pros), de 65 anos, foi escolhida pela coligação de Pros, PTC, PTB, PMN e Patriota, neste sábado (21), como candidata ao governo do Distrito Federal nas eleições de 2018.

A convenção conjunta foi realizada na sede do PTB, na Estrutural. Eliana Pedrosa chegou ao local às 10h30 e foi saudada por correligionários.

"Quero falar de uma medida de choque, para que nós possamos garantir o atendimento das pessoas na área de saúde, buscar médicos onde eles estiverem. Pagar mais, se for necessário, cortando custos em outras áreas", declarou Eliana.

O presidente nacional do Pros, Eurípedes Gomes de Macedo Júnior, esteve no lançamento da chapa. "Não adianta a gente colocar qualquer um, temos que ter experiência. É um nome que está preparado, já foi deputada distrital", disse.

O vice na chapa é o policial civil e ex-deputado distrital Alírio Neto, do PTB. Ele chegou a anunciar pré-candidatura a governador, mas voltou atrás em junho e fechou coligação com Eliana Pedrosa.

Até as 12h30, a liga formada pelos cinco partidos ainda não tinha divulgado os nomes dos candidatos ao Senado, nem a quantidade de candidaturas para deputado federal e deputado distrital.


Candidato a vice-governador do DF, Alírio Neto (PTB) (Foto: TV Globo/Reprodução)

O que diz a candidata
No primeiro discurso como candidata, Eliana traçou prazo para resolver a fila das cirurgias na rede pública do DF. "Nós precisamos garantir esse atendimento [de saúde], zerar as filas das cirurgias nos primeiros cem dias", disse.

A ex-deputada também falou sobre a alta do desemprego. "Estamos com 315 mil pessoas desempregadas no DF, procurando emprego, fora aqueles que já desanimaram. A pauta social, então, é muito importante."

Eliana Pedrosa disse, ainda, que pretende mudar o formato das administrações regionais. Hoje, o DF tem 28 órgãos responsáveis pela gestão das 31 regiões administrativas.

"Queremos fazer um governo com mais proximidade da casa das pessoas. As administrações regionais são vistas como cabide de empregos, e queremos levar para lá o Na Hora, posto da CEB, da Caesb. [Queremos] que do princípio ao fim se possa tirar um habite-se, um licenciamento de obras, de empresas".

Trajetória


Eliana Pedrosa foi deputada distrital por três mandatos consecutivos, entre 2002 e 2014. De 2006 a 2009, foi secretária de Desenvolvimento Social do governo de José Roberto Arruda (PR).

Em 2014, Eliana se lançou pré-candidata ao Buriti pelo PPS. Em seguida, disse que seria vice de Arruda, mas o acordo partidário não se confirmou. Ao fim, disputou uma vaga na Câmara dos Deputados, mas os 55 mil votos garantiram apenas a suplência de Izalci Lucas (PSDB).

Em abril deste ano, Eliana Pedrosa se filiou ao Pros e lançou candidatura ao governo. É a primeira vez que a empresária disputa o comando do Palácio do Buriti.


Candidata ao governo do DF, Eliana Pedrosa (Pros) (Foto: TV Globo/Reprodução)
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade