banner

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

author photo

No primeiro pelotão da disputa para chegar ao segundo turno, Eliana Pedrosa (Pros) e Rogério Rosso (PSD) estão trombando. Há risco de atropelamentos. Nos bastidores, as campanhas dos dois candidatos que estão tecnicamente empatados na liderança, ao lado do governador Rodrigo Rollemberg (PSB), atribuem-se mutuamente baixarias, ataques pessoais e críticas apócrifas, por meio de vídeos e memes, que circulam nas redes sociais. Eliana e Rogério Rosso estão na corrida em busca de um eleitorado semelhante, de centro-direita e descontente com o governo Rollemberg.
O rancor está tão forte que será difícil unir as duas campanhas numa eventual aliança no futuro. E tudo pode piorar nos embates entre os dois candidatos. Há possibilidade de eles disputarem o segundo turno, se um não derrubar o outro.
Escudo para ataques diretos
A ex-deputada Eliana Pedrosa (Pros) diz que prefere ataques diretos, que pode responder, como a crítica do adversário Ibaneis Rocha (MDB), que a acusou de explorar trabalhadores, em entrevista na última segunda-feira, no programa CB.Poder.
Contra o submundo
Já Rogério Rosso (PSD) gravou um vídeo e distribuiu nas redes sociais em que comentou o desempenho nas pesquisas e afirmou, sem citar nomes, ser alvo do submundo e da “turma do mal”. E disse: “Vamos ficar atentos às suas maldades”.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade