banner

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

author photo

Pesquisa Metrópoles/FSB: apenas 15% aprovam o governo Rollemberg
Para 49% dos eleitores, no entanto, a gestão do socialista é ruim ou péssima. Outros 35% a avaliam como regular
O governo de Rodrigo Rollemberg (PSB) é avaliado positivamente por apenas 15% dos eleitores brasilienses. Desse percentual, 14% classificaram a gestão como “boa”, e 1%, como “ótima”, de acordo com a pesquisa Metrópoles/FSB divulgada nesta terça-feira (23/10). Entre os cidadãos ouvidos pela sondagem, 49% classificam a administração do socialista como “ruim” ou “péssima”.

Outros 35% dizem ser regular o governo conduzido por Rollemberg nos últimos três anos e 10 meses; 14% o consideram bom; e 2% não sabem. O chefe do Executivo local luta contra altos índices de rejeição e má avaliação, que o acompanham desde antes do primeiro turno.
DIVULGAÇÃO/METRÓPOLES/FSB

O objetivo do socialista é alcançar o ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Distrito Federal (OAB-DF) Ibaneis Rocha (MDB), que aparece com 76% dos votos válidos nessa sondagem. Por outro lado, Rollemberg tem 24% da preferência do eleitorado.
NotaOs eleitores ainda apontaram, em números, como avaliam o atual governo: para 20%, a gestão merece nota 5; 15% deram-lhe 4; e 14% acham que ela vale 0. Apenas 1% deu 10 para a forma como Rollemberg conduz a máquina pública. Nesse questionamento, 0 é considerado muito ruim, e 10, muito bom.

Confira:

DIVULGAÇÃO/METRÓPOLES/FSB
Os eleitores avaliaram também a qualidade dos serviços públicos ofertados na capital da República. Saúde é a categoria que mais castiga a população: para 67%, é “péssima”; e 22% a rotulam como “ruim”.

Do total, 49% consideram o quesito emprego no Distrito Federal como “péssimo”. Outra função do Estado que desagrada ao brasiliense é a segurança: 47% a classificaram como “péssima”. O transporte público também é considerado “péssimo” por 39%, e a educação, por 37%.

Saiba como os eleitores avaliam os serviços públicos:

DIVULGAÇÃO/METRÓPOLES/FSB

A pesquisa Metrópoles/FSB divulgada nesta terça (23/10) ouviu 1.072 eleitores do Distrito Federal de 20 a 22 de outubro de 2018. A sondagem foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob os números DF-08791/2018 e BR-01350/2018. A margem de erro é de três pontos percentuais, num intervalo de confiança de 95%. Em razão dos arredondamentos, os totais podem dar entre 99% e 101%.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade