banner

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

author photo


ANA MARIA CAMPOS

O delegado Jeferson Lisboa será mantido como diretor do Departamento de Polícia Circunscricional (DPC), chefe de todas as 34 delegacias de atendimento nas cidades.
Lisboa chegou a ser cotado para a direção-geral da Polícia Civil, mas não disputou a lista tríplice e apoiou o delegado Robson Cândido, que conseguiu ser o mais votado e escolhido pelo governador eleito Ibaneis Rocha para comandar a instituição.
Uma das prioridades do DPC será abrir as delegacias 24 horas, compromisso de campanha de Ibaneis Rocha.
Outros dois nomes foram confirmados na equipe do novo diretor-geral, Robson Cândido.
O delegado Benito Tiezzi, ex-presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do DF (Sindepo), será o número 2 na instituição. Ele foi o segundo mais votado na lista tríplice e será diretor-geral adjunto.
Atual subsecretário do Sistema Penitenciário (Sesipe), o delegado Anderson Espíndola, quarto colocado na lista tríplice, assumirá a Corregedoria da Polícia Civil do DF.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade