( 00:00:00 )

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

author photo


Marinésio é reconhecido por adolescente e mulher que o denunciaram
A informação foi dada pela mãe da jovem de 17 anos. Segundo ela, as duas teriam chorado ao ficar frente a frente com o maníaco
cozinheiro Marinésio dos Santos Olinto, 41 anos, foi reconhecido na tarde desta quinta-feira (05/09/2019) por uma garota de 17 anos e por uma dona de casa de 43. Elas contam ter sido abordadas em paradas de ônibus e estupradas pelo maníaco. A informação foi dada ao Metrópoles pela mãe da adolescente. “É ele mesmo: as duas ficaram desesperadas. Minha filha saiu de lá chorando muito”, contou.
O reconhecimento facial foi feito no Departamento de Polícia Especializada (DPE), no Parque da Cidade. Mais cedo, na 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), a jovem havia confirmado que o Palio vermelho que pertenceu ao irmão do cozinheiro foi o veículo usado pelo maníaco para abordá-la no Paranoá.
Ela diz ter sido violentada, agredida e xingada em abril de 2019. A versão dela, entretanto, não bate com as informações prestadas pelo atual dono do automóvel, que assegura estar com o veículo há quase dois anos.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior