Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Brasiliense avança para a próxima fase do Candangão como líder do Grupo B

           Foto: Igo Estrela/Metrópoles A última rodada da fase de classificação do Candangão foi decidida da tarde deste sábado (10/4). Na ...

           Foto: Igo Estrela/Metrópoles

A última rodada da fase de classificação do Candangão foi decidida da tarde deste sábado (10/4). Na Boca do Jacaré, Brasiliense e Unaí jogaram valendo as lideranças do Grupo B e do Grupo A, respectivamente. Dominando o adversário em boa parte do jogo, a equipe amarela venceu os mineiros por 3×1, com gols de Badhuga e Bruno Nunes, que balançou a rede duas vezes. 
O Verdão descontou com Hiwry.
Com os resultados da última rodada, Brasiliense, Capital, Ceilândia e Santa Maria foram os classificados do Grupo B, com Sobradinho e Fermosa caindo para a Segundinha. Já no Grupo A, Taguatinga, Unaí, Gama e Luziânia avançaram para a próxima fase. Samambaia e Real Brasília deram adeus à elite do futebol candango.
A tabela da segunda fase será divulgada pela Federação de Futebol do Distrito Federal nos próximos dias, com os confrontos, datas e horários definidos.
Domínio amarelo
O Unaí mostrou que não seria uma equipe que jogaria por uma bola logo no pontapé inicial. Com agressividade, a equipe ganhou uma disputa pela ponta direita com
Tiaguinho, que avançou com velocidade e rolou para Akim arriscar no cantinho. Edmar Sucuri se esticou para fazer a defesa.
O bom início do Verdão não intimidou o Jacaré, que passou a controlar o jogo e buscou o gol. Com sete minutos, Mário Henrique invadiu a área e tentou cobrir o goleiro, mas a cabeçada saiu fraca e Victor Lube fez a defesa. Aos 10’, Peninha costurou toda a defesa e bateu cruzado. 
O arqueiro do Unaí caiu para evitar o gol.
A tônica do jogo era de duas equipes dispostas a fazer o primeiro gol. Após os 20 minutos, o Unaí teve duas boas chances de abrir o marcador. 
A primeira, Ezio rolou para Diogo Clementino, que dentro da área bateu por cima do gol. Logo depois, Gabriel experimentou de longe, mas Edmar Sucuri fez a defesa sem dificuldades.
Aos 24’, o Brasiliense ganhou um escanteio pela direita. 
Peninha foi para a cobrança e encontrou Badhuga livre para cabecear e balançar a rede. 1×0 para o Jacaré.
Após o gol, o jogo era ditado pela equipe amarela no campo de ataque. Aos 30’, Peninha girou em cima da marcação e bateu cruzado para a defesa de Victor Lube. 
Quatro minutos depois, Luquinhas foi lançado na área e bateu desequilibrado em cima do goleiro. 
No lance seguinte, Peninha rentou na área driblado e a defesa impediu o chute no último instante.
A pressão do Jacaré empurrava o time do Unaí para o campo de defesa, que se defendia bem. Mas na altura dos 39 minutos o bloqueio foi vencido. 
Em uma saída de bola errada, Bruno Nunes ficou com a sobra e soltou a bomba de fora. 
A bola ainda bateu na trave antes de morrer no fundo do gol. 2×0 no placar.
Unaí aperta, mas Jacaré resolve nos minutos finais
A segunda etapa começou como um espelho do início do primeiro tempo. 
O Unaí começou em cima e criando duas chances aos três minutos. Ezio escapou pela ponta e bateu cruzado, parando na defesa de Edmar Sucuri. No rebote, Romário – que entrou no intervalo no lugar de Diogo Clementino – encontrou o gol livre, mas finalizou para fora.
O Jacaré respondeu logo depois, aos cinco minutos. Peninha pegou de primeira o cruzamento de Rodrigo Andrade, mas o chute foi no meio do gol, facilitando o trabelho de Victor Lube.
As mexidas promovidas por Roberto Gaúcho no intervalo mudaram a postura do Unaí, que passou a gostar do jogo. Aos 11’, Rafinha – outro jogador que entrou no jogo, substituindo Samuel – arriscou de fora e carimbou o travessão. Três minutos depois, em uma jogada que começou com Romário, Hiwry recebeu na esquerda, cortou para o meio da área e bateu na parede da rede sem chances de defesa para Sucuri. Placar: 2×1.
Ao contrario do que se era esperado após o gol do Unaí, o jogo caiu de ritmo. 
O Brasiliense tocava bola no meio, mas sem objetividade e o Verdão buscava construir, mas esbarrava na marcação e não conseguia evoluir com as jogadas.
O jogo só voltou a ter emoção aos 40 minutos. Em uma bela triangulação do Unaí, Hiwry ocou de letra para Romário, que finalizou firme e Sucuri foi no cantinho buscar.
A resposta do Jacaré saiu aos 40 minutos. Sandy cruzou para Bruno Nunes, que só escorou de cabeça e fechou a conta na vitória amarela. 
Com 3×1 no placar, o Brasiliense avançou para a segunda fase como líder e com 100% de aproveitamento.

FICHA TÉCNICA

BRASILIENSE 3 X 1 UNAÍ

Candangão 2021 – Primeira Fase – Sexta Rodada

10/04/2021, 15h30 – Boca do Jacaré, Taguatinga, Brasília

Árbitro: Marcello Rudá

A1: Leila Naiara Moreira da Cruz

A2: Lucas Guerra

4º árbitro: Jonas Junio da Silva Abreu

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Diogo (Zotti), Keynan, Badhuga e Mário Herique; Lídio (Rodrigo Andrade), Sandy e Carlos Eduardo (Jorge Henrique); Peninha (Tobinha), Luquinhas e Bruno Nunes

Técnico: Vilson Tadei

Gols: Badhuga (24’ 1T) e Bruno Nunes (39’ 1T e 43’ 2T)

UNAÍ

Victor Lube; Ezio, José Lenadro, Juninho e Gelsinho; Akin, Gabriel, Samuel (Rafinha) e Hiwry; Diogo Clementino (Romário) e Tiaguinho

Técnico: Roberto Gaúcho

Gols: Hiwry (14’ 2T)

Cartões amarelos: José Leandro, Ezio

André Gomes/Brasiliense FC

Nenhum comentário