Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

VÍDEOS: Veja casa na qual suspeito de planejar atentados no DF foi preso

Na casa, a polícia apreendeu objetos relacionados ao planejamento dos ataques - (crédito: Divulgação/PCDF)   No local, o homem guardava másc...

Na casa, a polícia apreendeu objetos relacionados ao planejamento dos ataques - (crédito: Divulgação/PCDF)

 No local, o homem guardava máscaras e simulacro de arma de fogo para os atos de violência arquitetados por ele.

Polícia Civil divulgou vídeos da Operação Shield, deflagrada na manhã desta sexta-feira (21/5), e que resultou na prisão de um homem que planejava ataques violentos pelo Distrito Federal. 
Entre os planos estavam massacres em escolas do DF.
Nas imagens, a polícia mostra a casa na qual o homem foi preso. 
No local, foram encontradas diversas máscaras e simulacro de arma de fogo, ais soft usada para treinamento, que deveriam ser usados no dia dos atentados. Segundo a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), o colégio que seria alvo do atentado fica localizado na Região Administrativa de Recanto das Emas.
A prisão ocorreu em ação conjunta da Polícia Civil do Distrito Federal e da Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos da América. 
De acordo com a PCDF, a Agência de Investigações de Segurança Interna (Homeland Security Investigations ou HSI) em Brasília apurou informações sobre indivíduos que teriam a intenção de cometer atos graves de violência no DF. 
A Coordenação do Laboratório de Inteligência Cibernética do Ministério da Justiça e Segurança Pública realizou a investigação preliminar e repassou as informações à Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC/PCDF).
Com as informações, a Polícia Civil começou uma investigação, identificou um dos suspeitos e representou na Justiça pedido de expedição de mandado de busca e apreensão, que foi deferido pelo plantão judiciário de forma célere. Na delegacia, o suspeito confessou a pretensão de realizar os atos violentos.

Nenhum comentário