Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Governo do Distrito Federal repete ação que fez sucesso no ano passado no combate aos incêndios

Foto: Reprodução da agencia Brasília Governo do Distrito Federal repete ação que fez sucesso no ano passado no combate aos incêndios As açõe...

Foto: Reprodução da agencia Brasília

Governo do Distrito Federal repete ação que fez sucesso no ano passado no combate aos incêndios
As ações de prevenção aos incêndios florestais tiveram uma etapa encerrada nesta quarta-feira (14).
Construindo aceiros negros para prevenção contra incêndios florestais, o Governo do Distrito Federal juntamente com o Instituto Brasília Ambiental e da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), encerrou, nesta quarta-feira (14), as ações de prevenção aos incêndios florestais.
Os trabalhos de prevenção foram realizados na Área de Proteção Ambiental (APA) Gama e Cabeça de Veado, que cobre todo o Parque Ecológico do Tororó, o Jardim Botânico de Brasília, a Fazenda Água Limpa, a Reserva Ecológica do IBGE e áreas da Marinha, unindo em torno de aproximadamente 25 mil hectares de área preservada.
Ano passado o Governo apresentou resultado positivo com 50% de redução dos incêndios
Sarney Filho, que é secretário do Meio Ambiente, afirma que estas açõe são importantes e fundamentais para chegar a resultados muito positivos.
 “É importante ter em vista que, no ano passado, tivemos uma redução de 50% dos incêndios florestais nas unidades de conservação; por isso, reforçamos o trabalho com os aceiros a fim de impedir que o fogo se alastre”, informou o secretário.
Trabalhar em parceria com outros órgãos também se mostrou como alternativa de sucesso, de acordo com Thúlio Moraes (secretário-geral do Brasília Ambiental) estas parcerias são um diferencial; “Estamos atuando em conjunto na realização de ações que são realmente efetivas na prevenção e combate ao fogo”, e reforçou: “Nosso objetivo é seguir trabalhando para que a área queimada no DF seja cada vez menor”.
A construção do aceiro negro é nada mais do que a retirada do material combustível (no caso, a vegetação seca), criando faixas de segurança entre esses espaços de preservação.


Da redação
A Politica e o Poder 
E-mail: apoliticaeopoder@gmail.com

Nenhum comentário